Em vídeo, Lyoto chora e justifica erro em doping: ‘Desculpas a todos’

Dragão disse que mudança recente nas regras provocou dopingo e assumiu a responsabilidade pelo equívoco

Lyoto (foto): mesmo derrotado, brasileiro foi o mais bem pago do UFC FN 70. Foto: Josh Hedges/UFC

Lyoto (foto) apresentou sua explicação sobre o polêmico episódio. Foto: Josh Hedges/UFC

O mundo do MMA foi pego de surpresa no fim da tarde desta quarta-feira (13) com o anúncio de que Lyoto Machida estava fora do UFC Fight Night Tampa a menos de três dias do evento, mas principalmente porque a razão do corte foi uma confissão de doping do brasileiro. Logo depois do episódio, Lyoto veio a público e, em um vídeo emocionado nas redes sociais, apresentou sua explicação para o ocorrido.

Veja Também

Lyoto admite uso de substância proibida e luta com Henderson é cancelada
Holm acredita que UFC planeja revanche entre ela e Ronda
Georges St. Pierre admite negociações para voltar ao UFC: ‘Estamos conversando’

“Bem pessoal, eu estou aqui para dizer para vocês que eu fui pego de surpresa nessa notícia, também. Está sendo muito difícil para mim, eu treinei muito para essa luta, me dediquei bastante, com toda a minha equipe. Quero dizer que eu não sabia, realmente, que essa substância… tanto que foi uma coisa que eu declarei no meu teste. Eu falei: “Eu estou tomando tudo isso”. E essa substância foi banida agora, em 2016. Foi um erro meu, eu assumo, por não estar sabendo disso e vamos lá. Quero pedir desculpas a todos vocês, pedir desculpas a todos os meus fãs, de coração, a toda minha equipe, toda a minha família. Eu tento sempre jogar limpo, mas, dessa vez, aconteceu”, disse o “Dragão”, que chegou a chorar durante a declaração.

Aos 37 anos, Lyoto Machida tem um cartel profissional de 22 vitórias e sete derrotas. O brasileiro faria a luta co-principal do UFC Tampa contra Dan Henderson, mas o duelo foi suspenso pela organização do Ultimate. O evento disse que o plano é reagendar o combate para o futuro, mas Lyoto ainda pode sofrer sanções da USADA (Agência Antidoping Norte-Americana, que administra a nova política antidoping do UFC) e ser suspenso.

Assista abaixo ao vídeo divulgado por Lyoto:

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments