Dana garante que McGregor não terá vida fácil se quiser voltar ao UFC

Segundo dirigente, irlandês teria que ficar pelo menos quatro meses afastado por conta da USADA

McGregor (foto) encara N. Diaz no UFC 196. Foto: Josh Hedges/UFC

McGregor (foto) encara N. Diaz no UFC 196. Foto: Josh Hedges/UFC

Conor McGregor está oficialmente, e sem chances de voltar atrás, fora do UFC 200. A informação foi confirmada por Dana White, durante participação no programa “UFC Tonight”, jornal da organização na TV norte-americana. Além disso, o dirigente garantiu que, caso resolva voltar a lutar após anunciar sua aposentadoria, McGregor não terá vida fácil.

Veja Também

Vídeo: ‘Aposentado’, McGregor treina firme na Islândia
Dana ameaça tirar cinturão de McGregor, mas aceitaria reintegrá-lo ao UFC 200
Sonnen critica comportamento de McGregor: ‘Blefou com os caras errados’
‘Adeus’ de McGregor ao MMA bate recorde entre esportistas no Twitter

“Se o Conor McGregor estiver mesmo aposentado, ele teria que ter tirado quatro meses fora antes. Você tem que ficar quatro meses afastado antes de voltar, por causa da USADA (Agência Antidoping Norte-Americana, parceira do programa antidoping do UFC). Você não pode simplesmente dizer, agora que nós temos os testes antidoping surpresa, depois de certo tempo fora, simplesmente dizer: ‘Ok, agora eu estou de volta!'”, garantiu o chefão.

Apesar de ter “se aposentado jovem do MMA”, segundo suas próprias palavras, Conor McGregor foi flagrado treinando na Islândia, um dia após seu anúncio. Fora do maior evento dos últimos anos no Ultimate após se negar a comparecer uma série de eventos promocionais nos Estados Unidos, McGregor pode perder ainda mais segundo White, que ameaçou retirar seu cinturão dos pesos penas e promover o duelo entre José Aldo e Frankie Edgar à disputa do título linear caso Conor mantenha-se afastado.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments