Wand homenageia Kimbo e diz que sofre sequelas de lutas

Brasileiro diz que vários de seus amigos ‘não são mais os mesmos’ e protesta contra lei que proíbe reidratação por soro intravenoso

Wand (foto) prestou homenagem a Kimbo. Foto: Josh Hedges/UFC

Wand (foto) prestou homenagem a Kimbo. Foto: Josh Hedges/UFC

Recém contratado do Bellator, Wanderlei Silva chegou a projetar uma luta contra Kimbo Slice em sua estreia na nova organização. Porém, o brasileiro ficou chocado com a notícia de que Slice faleceu na noite de segunda-feira (6), vítima de problemas cardíacos. Assim, Wanderlei prestou sua homenagem ao quase adversário e destacou o fato de que mais uma atleta de MMA morre prematuramente.

Veja Também

Lutador do Bellator, Kimbo Slice morre aos 42 anos de idade
MMA reage com tristeza à morte de Kimbo Slice
Kimbo esperava transplante de coração quando morreu, diz jornal
Wanderlei Silva propõe luta com Kimbo Slice no Bellator

“Descanse em paz! Caraca, primeiro o [Kevin] Randleman, agora o Kimbo. Dá até um medo, tá chegando cada vez mais cedo para os meus”, escreveu o brasileiro, em longa postagem publicada em sua conta no Instagram.

Mesmo que a morte de Kimbo tenha sido relacionada a problemas cardíacos, Wanderlei se atentou ao fato de que o MMA pode ter consequências na condição cerebral dos lutadores, sendo que ele próprio já começou a apresentar algumas sequelas. “Estive presente a uma palestra sobre concussões (pequenos danos cerebrais causados por impactos). De 15 sintomas apresentados pelo especialista, eu tinha 12”, contou.

Justamente por isso, Wanderlei se mostrou contrário à nova lei das comissões atléticas que impedem que os lutadores se reidratem com soro intravenoso após as pesagens. Essa lei que proíbe os lutadores de tomar soro é um crime ao cérebro, pois quando você desidrata, perde líquido também no cérebro, aumentando muito as chances de ter graves danos decorrentes aos golpes. Tem vários dos meus amigos que estão diferentes de antigamente, estão ficando meio loucos. E agora, quem vai cuidar de nós? Quem não guardou um dinheiro vai passar por dificuldades, infelizmente. Não temos nenhum tipo de ajuda em nada! É tudo por nossa conta”, lamentou.

Veterano do MMA, Wanderlei é um dos principais nomes brasileiros do esporte, com títulos na extinta organização japonesa PRIDE. O curitibano tem um cartel de 35 vitórias, 12 derrotas, um empate e um no-contest no MMA profissional. Seis de suas derrotas vieram por nocaute ou nocaute técnico.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments