Ex-UFC e matador de aluguel, Suloev morre de câncer

Lutador russo, que já passou por Ultimate e PRIDE e que vinha preso desde 2013, tinha 40 anos de idade

Suloev (foto) enfrentou diveros nomes importantes do MMA. Foto: Divulgação

Suloev (foto) enfrentou diveros nomes importantes do MMA. Foto: Divulgação

Ex-lutador de MMA com passagens por eventos como UFC e PRIDE, Amar Suloev morreu na última segunda-feira (27), na cidade de Anapa, na Rússia. O veterano perdeu uma batalha contra um câncer no estômago em estágio IV e faleceu aos 40 anos de idade.

Veja Também

Ex-lutador do UFC, Ryan Jimmo morre após discussão de trânsito no Canadá
Mundo do MMA reage com revolta à morte de Jimmo
Ano de 2016 é marcado por tragédias no MMA; relembre os casos

Suloev fez 31 lutas de MMA profissional entre 1999 e 2008, com 24 vitórias e sete derrotas. O russo realizou duas lutas no UFC (perdeu ambas, para Chuck Liddell e Phil Baroni), além de quatro no PRIDE (duas vitórias, contra Murilo Bustamante e Dean Lister, e duas derrotas, para Paulo Filho e Denis Kang).

Fora das ltuas, Suloev ganhou destaque no noticiário em seu país em 2013, quando foi preso acusado de fazer parte de uma gangue que assassinava políticos por encomenda. Em maio deste ano, o russo foi liberado da cadeia sob uma fiança de R$ 157 mil, justamente por estar debilitado devido à doença.

A morte de Suloev é mais uma em meio às várias tragédias envolvendo ex-lutadores de MMA em 2016. Nos primeiros meses do ano, morreram Kevin Randleman (pneumonia), João Carvalho (problemas cerebrais após sofrer um nocaute), Jordan Parsons (atropelado), Kimbo Slice (problemas cardíacos), Ivan Cole (suicídio) e Ryan Jimmo (atropelado), além do árbitro brasileiro Alessandro Souza (acidente de moto).

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments