Jedrzejczyk vira sobre Claudia Gadelha e defende cinturão peso palha do UFC

Em guerra de cinco rounds no TUF 23 Finale, brasileira sente o cansaço e não consegue acompanhar ritmo da campeã polonesa

Claudia-Gadelha---Joanna-Jedrzejczyk

Foi por pouco, mas o Brasil continua sem nenhum campeão no UFC. Na madrugada deste sábado (09), na luta principal do TUF 23 Finale, Claudia Gadelha teve a chance de trazer um título de volta para o país, mas acabou derrotada pela campeã Joanna Jedrzejczyk na decisão unânime dos juízes.

Veja Também

Vídeo: Assista à vitória de Joanna Jedrzejczyk sobre Claudia Gadelha
Clima esquenta entre Amanda Nunes e Miesha Tate na pesagem do UFC 200
Pesagem antecipada do UFC 200 tem drama e Anderson ‘levinho’
Após derrota, Dos Anjos parabeniza Alvarez: ‘Não tenho desculpas’

Em um combate bastante disputado do primeiro ao último minuto, a brasileira saiu na frente nos primeiros rounds, mas sentiu a intensidade da luta, perdeu ritmo na metade final, enquanto a campeã cresceu e levou a vitória. Com o triunfo, a polonesa defende o título peso palha feminino pela terceira vez e permanece invicta com 12 vitórias. Por sua vez, Claudinha conheceu sua segunda derrota na carreira, todas para Jedrzejczyk.

A luta

No primeiro round, a brasileira conseguiu aplicar um knockdown já no primeiro golpe com 10 segundos de luta e usou seu Jiu-Jitsu para ficar por cima na meia-guarda e tentar um estrangulamento, porém, Joanna conseguiu usar a grade para ficar em pé. Claudia parte novamente para cima e consegue aplicar mais uma queda na campeã, que novamente consegue ficar em pé usando a grade. Joanna ainda atinge o olho de Gadelha com seu dedo e tenta correr atrás do prejuízo nos segundos finais, mas não consegue atingir golpes significativos.

A estratégia se mantém no segundo round e a brasileira aplica uma nova queda após trabalhar o clinch na grade, mas não consegue trabalhar efetivamente e Joanna consegue novamente ficar de pé. Claudia insiste e tenta derrubar em duas oportunidades, mas é abafada e Joanna acaba caindo por cima. Entretanto, Gadelha consegue rolar rapidamente e sair da posição. As duas terminam o round agarradas no clinch.

O terceiro e decisivo round do combate marcou o início da reação de Joanna na pontuação dos juízes. A brasileira consegue conectar um bom cruzado de esquerda e logo depois levar a luta para o chão, porém não aproveita e deixa Joanna se levantar novamente. A brasileira começa a mostrar sinais de cansaço e Joanna cresce na luta, usando suas combinações de golpes que começam a minar Gadelha. Atordoada, Claudia tenta uma nova queda, mas é defendida por Joanna que aplica boas cotoveladas até o fim do round.

Visivelmente cansada, fica cada vez mais difícil para a brasileira acompanhar o ritmo de Jedrzejczyk, que aumenta suas combinações, dando destaque para os golpes na linha de cintura e chutes na perna. A brasileira mal consegue se defender e recebe golpes fortíssimos ao longo do round.

Seguindo as instruções de seu córner, a brasileira tenta levar a luta para o chão, mas as duas tentativas de queda são bloqueadas pela campeã, que segue conectando bons golpes através de combinações. O nariz de Gadelha começa a sangrar com as combinações rápidas e o ritmo de Joanna, que consegue defender a última tentativa de queda da brasileira nos últimos segundos da luta.

Mais Brasil

Além do combate principal da noite, os brasileiros Thiago Tavares e Joaquim Netto BJJ também fizeram parte do card principal do TUF Finale 23. O veterano Tavares acabou sendo nocauteado por Doo Ho Choi no primeiro round, enquanto Netto BJJ brilhou e não tomou conhecimento de Andrew Holbrook, nocauteando o norte-americano em segundos.

Thiago Tavares não resiste e é nocauteado por coreano

O veterano Thiago Tavares começou o combate usando seu jogo de quedas e levou o coreano para o chão. Após dois minutos de pouca ofensividade do brasileiro, o coreano conseguiu ficar de pé, mas novamente foi derrubado. Choi consegue ficar de pé de forma mais rápida e acha a distância do brasileiro, aplicando boas combinações e colocando Tavares de costas para a grade, até conecta um direto de direita perfeito que leva o brasileiro ao chão, bastando apenas mais um soco para o árbitro interromper o combate e dar a vitória à Doo Ho Choi por nocaute técnico.

Joaquim Netto BJJ brilha e nocauteia rapidamente

Joaquim Netto BJJ tratou de acabar com a invencibilidade de Andrew Holbrook em apenas 34 segundos. Holbrook tentou aplicar um chute, mas o brasileiro conseguiu segurar a perna e jogá-lo no chão. Logo quando o norte-americano tentou se levantar, Joaquim acertou um cruzado de direita em cheio que fez Holbrook cair para trás. Então, Netto BJJ foi para cima e usou seu ground and pound para encerrar o combate em pouquíssimo tempo na sua segunda luta pela organização.

Resultados do TUF Finale 23

CARD PRINCIPAL

Joanna Jedrzejczyk derrotou Claudia Gadelha por decisão unânime dos juízes

Andrew Sanchez derrotou Khalil Rountree por decisão unânime dos juízes

Tatiana Suarez derrotou Amanda Cooper por finalização (D’Arce choke) aos 3m43s do R1

Will Brooks derrotou Ross Pearson por decisão unânime dos juízes

Doo Ho Choi derrotou Thiago Tavares por nocaute técnico (socos) aos 2m42s do R1

Joaquim Netto BJJ derrotou Andrew Holbrook por nocaute técnico (socos) aos 34s do R1

CARD PRELIMINAR

Gray Maynard derrotou Fernando Açougueiro por decisão unânime dos juízes

Matheus Nicolau derrotou John Moraga por decisão dividida dos juízes

Josh Stansbury derrotou Cory Hendricks por decisão majoritária dos juízes

Cézar Mutante derrotou Anthony Smith por decisão unânime dos juízes

Kevin Lee derrotou Jake Matthews por nocaute técnico (socos) aos 4m06s do R1

Li Jingliang derrotou Anton Zafir por nocaute técnico (socos) aos 2m40s do R1

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments