Após doping, Jones, Lesnar e Lyoto saem de ranking do UFC

Atletas foram removidos da lista depois de se envolverem em polêmicas com substâncias proibidas nos últimos meses

J. Jones (foto) faria a luta principal do UFC 200. Foto: Josh Hedges/UFC

J. Jones (foto) faria a luta principal do UFC 200. Foto: Josh Hedges/UFC

Os rankings oficiais do UFC sofreram uma discreta, porém importante mudança nos últimos dias. Três nomes de destaque foram removidos da lista após se envolverem em polêmicas antidoping: Jon Jones, Brock Lesnar e Lyoto Machida.

Veja Também

Lyoto admite uso de substância proibida e luta com Henderson é cancelada
Jon Jones cai em exame antidoping e está fora do UFC 200
Brock Lesnar é flagrado em antidoping surpresa antes do UFC 200
Brock Lesnar é pego em novo antidoping do UFC 200

Jones ocupava posição de destaque no peso por peso, além do primeiro lugar entre os meio-pesados. Já Lesnar pulou para o oitavo lugar entre os pesados depois de vencer Mark Hunt no UFC 200, no mês passado. Machida, por fim, era também oitavo entre os médios.

Jones faria a luta principal do UFC 200, mas foi cortado do show após cair em um exame pré-luta com bloqueadores de estrogênio. Lesnar chegou a lutar no mesmo evento, mas, posteriormente, foi divulgado que ele também falhou em um exame antes do combate, com a mesma substância. Lyoto não chegou a ser flagrado em um teste: ele admitiu à Agência Antidopagem dos Estados Unidos (USADA) o uso do hormônio DHEA.

O ranking oficial do UFC é atualizado semanalmente e tem como base a votação de jornalistas especializados do mundo inteiro. Jones, Lesnar e Machida deverão passar por julgamento em breve para a definição oficial de suas punições.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments