Ex-campeão do UFC dispara contra Georges St-Pierre: “Cale a boca”

Robbie Lawler não gostou das declarações de Georges St-Pierre e desafiou o astro canadense

Lawler (foto) não gostou das declarações recentes de GSP Foto: Josh Hedges/UFC

Lawler (foto) não gostou das declarações recentes de GSP Foto: Josh Hedges/UFC

A polêmica – e conturbada – eminente saída de Georges St-Pierre do UFC chamou a atenção de outro ex-campeão da categoria dos meio-médios: Robbie Lawler. Ruthless, como é conhecido, criticou a ‘novela’ em torno do retorne de GSP e se colocou a disposição para enfrentar o canadense.

“Ele diz que lhe ofereceram uma luta contra mim mas que eu não estava saudável ou coisa do tipo. Ele basicamente está supondo, como as outras pessoas, sem saber qual é o meu problema. Nada está errado comigo. Você aceita a luta ou não? Essa é a questão, certo? Porque estou pronto para enfrentá-lo agora mesmo. Você aceitou ou não? Acho que não. Não tente se esconder atrás do “Eu não estou saudável”. Esse não é o motivo (…) Eu estou sempre pronto para lutar com esse cara. Treinei a minha vida inteira para enfrentar um cara como ele – e ele, em particular. Então não use meu nome ou tente se esconder atrás de algo que você pensa que está acontecendo mas não está. Se ele não quer lutar, cale a boca”, disparou Lawler, em entrevista à “ESPN” (EUA).

Veja Também

Georges St-Pierre rescinde contrato e não é mais lutador do UFC
UFC rebate St. Pierre e diz que contrato ainda está em vigor
Lawler duvida de retorno de GSP: ‘Não seria inteligente de sua parte’

Robbie também esclareceu o motivo pelo qual recusou um combate contra Donald Cerrone no UFC 205, evento que acontecerá em Nova York, dia 12 de novembro. Segundo ele, não se trata de nenhuma lesão, como vinha sendo especulado, e sim uma opção pessoal.

– Acho que todos meio que supõem isso (que é um problema de saúde), mas não é o caso. É um daqueles casos em que eu queria dar um passo atrás para perceber o que eu queria e por que eu queria. Minha vida inteira eu entrei lá e batalhei, e desta vez eu precisava dar um passo atrás, relaxar e não correr com as coisas – para garantir que todas as peças estejam no lugar perfeito. (…) Estou sempre a ponto de bala. Tenho conversado com o Dana, para garantir que ele saiba que eu estou treinando”, concluiu.

Robbie Lawler se tornou campeão da categoria dos meio-médios (até 77kg) no UFC 181, em dezembro de 2014, após superar Johny Hendricks na decisão dividida dos juízes. Ele ainda defendeu o cinturão da divisão em duas oportunidade – contra Rory MacDonald e Carlos Condit -, mas foi nocauteado por Tyron Woodley no UFC 201, em julho passado.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments