McGregor assume o segundo lugar do ranking peso por peso do UFC

Miesha Tate continua no ranking, mas despenca nove posições; Khabib assumi o primeiro lugar dos leves

McGregor assumiu o segundo lugar no ranking peso por peso (Foto: Getty Images)

McGregor assumiu o segundo lugar no ranking peso por peso (Foto: Getty Images)

Após fazer história e conquistar o cinturão peso leve no UFC 205, evento que aconteceu no último sábado (12), em Nova York (EUA), Conor McGregor tem mais um motivo para comemorar: agora ele é o segundo colocado no ranking peso por peso do UFC, estando atrás apenas do campeão peso mosca Demetrious Johnson. Quem também subiu algumas casas no peso por peso foi a brasileira Cris Cyborg, que avançou quatro posições e é a décima.

Veja Também

Após ser nocauteado no UFC 205, Weidman é suspenso por 60 dias
Romero provoca Bisping: “Ele está com medo de mim”
Atuação impecável rende a McGregor bônus de US$ 50 mil
McGregor nocauteia Alvarez, conquista o cinturão peso leve e faz história no UFC 205

Khabib Nurmagomedov também foi outro que subiu – e em dose dupla. Com a vitória sobre Michael Johnson, ele retomou o primeiro lugar dos leves, ultrapassando Tony Ferguson, o segundo. O russo também estreou no ranking geral, aparecendo no 15º lugar. Eddie Alvarez, derrotado por Conor, caiu três posições na lista dos leves e agora é terceiro.

A maior prejudicada foi a peso galo Miesha Tate. Mesmo anunciando sua aposentadoria após o revés para Raquel Pennington, a ex-campeã permaneceu no ranking, mas perdeu nove posições e agora está no 10º lugar. Pennington, algoz de Tate, subiu três lugares e é a 5ª. Ronda Rousey, que irá enfrentar a campeã Amanda Nunes no UFC 207, dia 30 de dezembro, assumiu o primeiro lugar.

Entre os médios, mais mudanças. Yoel Romero é o novo número um do ranking, enquanto Weidman, nocauteado pelo cubano, caiu para 4º. Rafael Sapo, antes o número 14 da lista, foi retirado do ranking e deu lugar a Tim Boestch, que assumiu a posição do brasileiro. Entre os meio-médios, Stephen Thompson, que empatou com o campeão Tyron Woodley e não conseguiu conquistar o cinturão da categoria, assumiu o primeiro lugar, que antes era de Robbie Lawler. Kelvin Gastelum, que não bateu o peso e teve sua luta contra Donald Cerrone cancelada no dia da pesagem, perdeu três lugares e caiu para 8º.

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments