Bisping exige que Romero faça testes antidoping semanais antes de luta por cinturão

Campeão dos médios fez várias críticas ao possível desafiante a quem chamou de 'maior trapaceiro do MMA'

Bisping (foto) coloca condições para enfrentar Romero. Foto: Getty Images

Bisping (foto) coloca condições para enfrentar Romero. Foto: Getty Images

O cubano Yoel Romero surpreendeu o mundo ao nocautear Chris Weidman no UFC 205 e maneira brutal e ganhar o direito de desafiar Michael Bisping pelo cinturão dos médios. Mas o campeão tem uma exigência para enfrentar o rival: o inglês quer quer o desafiante passe por testes antidoping regularmente para aceitar a disputa.

Veja Também

Romero provoca Bisping: “Ele está com medo de mim”
Vídeo: Assista ao nocaute de Yoel Romero em Chris Weidman
Roy Nelson é suspenso por nove meses após agredir árbitro no UFC Brasília
McGregor assume o segundo lugar do ranking peso por peso do UFC

“Me desculpem, mas eu ainda não acredito que ele esteja limpo. Gostaria que fossem feitos testes muito rigorosos durante sua preparação. Definitivamente, quero que ele seja testado de forma aleatória, uma vez por semana, durante o sua preparação. Porque há vários pequenos truques que podem ser feitos nesse período”, disse o campeão à rádio Sirius XM.

Bisping não parou por ai e acusou Yoel de ser o maior trapaceiro do esporte, por atitudes antidesportivas durante suas lutas.

“Uma coisa está claro: ele (Romero) é o maior trapaceiro em todo o MMA. A cada luta, ele faz algum tipo de trapaça. Nesta última luta, teve ‘cutucão’ nos olhos e o excesso de água sobre o corpo, exatamente igual ao que ele fez contra Tim Kennedy. E ele ainda segura na grade ou testa positivo no doping”, completou o campeão.

Michael Bisping de 37 anos, tem um histórico profissional de 30 vitórias e sete derrotas. Ele conquistou o cinturão dos médios do Ultimate ao derrotar Luke Rockhold, em junho. Na sequência, o inglês defendeu o título pela primeira ao bater Dan Henderson no UFC 204, em outubro.

Por sua vez, Yoel Romero vive o melhor momento de sua carreira. O cubano, de 39 anos que já foi medalha de pratas nas Olimpíadas de 2000 no wrestling, tem um cartel de 12 vitórias e apenas uma derrota no MMA. O cubano, que apesar de voltar de uma recente suspensão por doping, vem de vitórias sobre grandes nomes da categoria como Ronaldo Jacaré e Chris Weidman.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments