Ferguson ironiza McGregor: “Sou o único nome que ele não falou por aí”

Segundo colocado no ranking dos leves, Ferguson acredita que Conor está evitando um possível duelo entre eles

T. Ferguson ironizou o campeão McGregor. (Foto: Getty Images)

T. Ferguson ironizou o campeão McGregor. (Foto: Getty Images)

O futuro da elite da divisão dos leves (até 70kg) segue uma incógnita. Número 2 no ranking da categoria, Tony Ferguson é um dos lutadores que estão entre os possíveis candidatos a desafiantes ao cinturão, que atualmente pertence a Conor McGregor. No entanto, de acordo com o próprio norte-americano, o campeão parece não estar muito disposto a enfrentá-lo.

Veja Também

Após bater Dos Anjos, Ferguson mira títulos em três categorias diferentes
Ferguson dispara contra Khabib: “É uma p*** reclamona”
Aldo diz que Holloway está “fugindo” e revela que deve disputar cinturão interino dos leves

“Honestamente, as pessoas farão o que querem fazer. Esse é o mundo da luta. Não estou preocupado ou com medo de absolutamente ninguém que não está falando sobre mim. Esse cara (McGregor) não quer qualquer parte de mim. Esse cara foi derrotado pelo número 5 do mundo (na verdade, hoje o sexto), Nate Diaz. Todos estão falando sobre ele ser o melhor, o melhor. Eu estou tipo: “Cara, você perdeu para o número 5. Eu sou o número 2”. Sou o único nome que ele não falou por aí – declarou Tony, em entrevista ao programa ‘The MMA Hour’ (EUA).

Contudo, Ferguson ressalta que enfrentar o irlandês ainda está em seus planos, independente de quando o duelo venha a acontecer. “Ele (McGregor) não quer parte nenhuma disso. Então, como disse, vamos em frente. Vá curtir seu tempo com a família. Vá apreciar e curtir sua vida. Você tem algum dinheiro, vá gastá-lo. Faça suas coisas, relaxe, curta seu tempo e então eu não luto com você. Enquanto você estiver fazendo isso, eu continuarei aqui destruindo essa m***. Eu e meu pessoal. Então, nós vamos para o próximo passo, que é quando você voltar. Aí vamos destruí-lo”, completou.

Aos 32 anos, ‘El Cucuy’ vem de nove vitórias consecutivas na organização, a mais recente sobre Rafael dos Anjos, em novembro deste ano. Campeão do TUF 13, ele já superou nomes como Edson Barboza, Gleison Tibau e Josh Thompson. Ao todo, são 12 triunfos e apenas um revés no UFC, contra Michael Johnson, em 2012.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments