Em má fase, Rashad Evans descarta aposentadoria e cogita retorno aos meio-pesados

Vindo de quatro derrotas consecutivas, Rashad, que desceu para os médios recentemente, pensa em voltar aos meio-pesados

Evans vem de quatro derrotas consecutivas (Foto: Reprodução/Facebook UFC)

Evans vem de quatro derrotas consecutivas (Foto: Reprodução/Facebook UFC)e

Engana-se quem pensa que a carreira de Rashad Evans está perto do fim. Atravessando a pior fase da carreira, o ex-campeão dos meio-pesados do UFC vem de quatro derrotas consecutivas, tendo vencido pela última vez em novembro de 2013, quando nocauteou Chael Sonnen. Contudo, o mau momento vivido serve como estimulo para ‘Sugar’, que descartou a ideia de se aposentar com a série negativa de resultados.

Veja Também

Após indicar aposentadoria, Bisping sugere luta contra Daniel Cormier
Dana White descarta trilogia entre McGregor e Nate Diaz no UFC 219

“Não posso me aposentar assim, vindo de derrotas. Eu nunca mais conheceria a paz na minha vida. Ficaria por noites infinitas olhando o teto, incapaz de aceitar a realidade”, declarou, em entrevista ao site ‘MMA Fighting’.

As duas derrotas mais recentes de Evans, que foi superado por Dan Kelly e Sam Alvey, aconteceram na divisão dos médios, até 84kg. Sem sucesso na nova faixa de peso, o norte-americano já considera um retorno à categoria dos meio-pesados, na qual brilhou durante sua trajetória no MMA.

“Eu tenho que conversar sobre isso, ainda não sei, mas eu sinto que com 93kg eu tinha mais energia”, concluiu

No UFC desde 2005, Rashad Evans já derrotou importantes nomes como Michael Bisping, Chuck Liddell, Quinton Rampage Jackson e Dan Henderson, porém acumula reveses diante de Lyoto Machida, Jon Jones, Rogério Minotouro e Glover Teixeira. Aos 38 anos, ele soma 14 vitórias, sete derrotas e um empate na organização, e tem um cartel profissional de 19-7-1.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments