Bodão e Thominhas perdem e Brasil segue sem vitórias em 2018

Almeida e Francimar Bodão foram derrotados e brasileiros abriram 2018 com seis derrotas em seis lutas no UFC

F. Bodão (dir) perdeu para G. Villante (esq) (Foto: Reprodução Twitter UFCIndia)

Os dois primeiros eventos do UFC neste ano tiveram a presença de seis brasileiros e os seis saíram derrotados. Após os reveses de Thomas Almeida e Francimar Bodão no UFC 220, os brazucas seguem sem vencer em 2018. O peso galo foi brutalmente nocauteado por Rob Font em resultado surpreendente. Bodão, por sua vez, não teve boa atuação e foi derrotado por Gian Villante na decisão dos juízes.

Veja Também

Russo nocauteia Tibau e Pantoja perde nas preliminares do UFC 220
Ultimate anuncia revanche entre Namajunas e Jedrzejczyk no UFC 223
Cyborg reclama do UFC e elogia Bellator: ‘Só serei campeã se for para lá’

Ainda na porção principal do UFC 220, Calvin Kattar tirou a invencibilidade de Shane Burgos de forma brutal no terceiro round, após dois assaltos bastante equilibrados em ótima luta.

As lutas

Thominhas abria o card principal com a necessidade de vencer, já que vinha de derrota para Jimmie Rivera em julho do ano passado. Com seu sistema defensivo melhor, o brasileiro ainda assim sofria com os jabs de Font ,que mostrava grande evolução na movimentação. Tanto que o norte-americano, lutando em sua cidade natal, chegou a balançar Almeida no primeiro round.

No fim do assalto inicial, porém, o brasileiro achou a distância e soltou bons golpes, principalmente ganchos de esquerda. Chegou a atordoar Font. Mas no segundo round, o norte-americano voltou mais agressivo e logo deu um knockdown em Thomas. O brasileiro resistiu, voltou para a luta, mas depois acabou sendo nocauteado com série de golpes brutais de Rob Font.

Já Bodão fez uma luta muito mais morna. Sempre olhando para trás e buscando um contra-ataque, o meio-pesado foi presa fácil para Villante, que soltou seu boxe de bom nível e foi pouco contra-atacado. No fim do terceiro round, Bodão chegou a soltar bons chutes, mas fez muito pouco, tendo uma atuação que beirou a apatia.

Resultados do UFC 220 (por enquanto):

Peso pena: Calvin Kattar derrotou Shane Burgos por nocaute aos 32 segundos do R3

Peso meio-pesado: Gian Villante derrotou Francimar Bodão por decisão dividida (30-27, 28-29, 30-27)

Peso galo: Rob Font derrotou Thomas Almeida por nocaute técnico aos 2m24s do R2

Card preliminar

Peso pena: Kyle Bochniak derrotou Brandon Davis por decisão unânime (20-29, 29-28, 30-27)

Peso meio-médio: Abdul Hazak Alhassan derrotou Sabah Homasi por nocaute aos 3m47s do R1

Peso mosca: Dustin Ortiz derrotou Alexandre Pantoja por decisão unânime (3x 29-28)

Peso pena: Julio Arce derrotou Dan Ige por decisão unânime (30-27, 30-27, 29-28)

Peso pena: Enrique Barzola derrotou Matt Bessette por decisão unânime (30-27, 29-28, 29-28)

Peso leve: Islam Makhachev derrotou Gleison Tibau por nocaute aos 57s do R1

Notícias relacionadas