Machida busca vitória sobre Belfort para voltar à disputa do título

Mesmo sendo o 12º no ranking dos pesos médios do UFC, Lyoto Machida quer quatro vitórias em 2018 para voltar ao TOP 10

L. Machida quer lutar quatro vezes em 2018. (Foto: Reprodução Twitter ufc_brasil)

Há 15 anos nas Artes Marciais Mistas, Lyoto ‘Dragão’ Machida aos 39 anos passou por muitas situações no esporte. Entre 2015 e 2017 teve três derrotas consecutivas contra: Luke Rockhold, Yoel Romero e Derek Brunson, além de uma punição de 18 meses pela USADA. Mesmo com os revezes, Machida afirma que o objetivo é subir no ranking e disputar o cinturão peso médio.

Lyoto vem de uma vitória em 2018 contra o norte-americano, Eryk Anders no UFC Belém em fevereiro. No sábado (12) o brasileiro sobe ao octógono novamente contra o compatriota Vitor Belfort no UFC Rio.

Veja Também

Belfort voltar a cogitar aposentadoria após UFC Rio
UFC planeja evento em São Paulo no mês setembro
O UFC 224: Saiba porque apostar nos brasileiros no card preliminar

Em entrevista ao site MMAjunkie, Machida afirmou que o foco é mais uma vitória no seu cartel para subir no ranking do peso médio e disputar o título novamente. “Eu quero fazer quatro lutas este ano. Considerando os intervalos que pretendo tomar e quanto tempo terei, acho que seria um bom número de lutas. Meu objetivo é ganhar meu caminho para outro título”, contou o Dragão.

Machida avalia não ter vantagem por lutar no Rio de Janeiro, pois Belfort também terá um grande apoio da torcida. “Eu sei que os torcedores estarão divididos, pois haverá dois brasileiros no octógono, mas eu tenho o apoio daqueles que sempre torceram por mim. Eu quero ver a energia de todos no dia da luta. Será um momento único do esporte no Brasil, então estou muito focado e empolgado para essa luta”, afirmou Lyoto.

Lyoto ‘Dragão’ Machida é ex-campeão do peso meio pesado e tem um cartel de 31 lutas com 23 vitórias e 8 derrotas.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário