UFC 224: Amanda Nunes cumpre promessa, domina Pennington e defende cinturão no Rio

Brasileira venceu Raquel Pennington por nocaute técnico no quinto round e defendeu com sucesso o cinturão dos galos pela terceira vez

A. Nunes defende cinturão no UFC 224. (Foto: Reprodução Twitter ufc_brasil)

Amanda Nunes prometeu e cumpriu. A brasileira, que durante a pesagem na última sexta-feira (11), anunciou para o mundo que o cinturão peso galo feminino ficaria no Brasil, dominou a desafiante Raquel Pennington e venceu por nocaute técnico no quinto round. O combate foi a atração principal do UFC 224 – também chamado de UFC Rio 9 – realizado na madrugada deste domingo (13), na capital fluminense. O triunfo de Amanda marcou a terceira defesa de cinturão da ‘Leoa’ do Ultimate.

“Foi a luta mais difícil da minha carreira. Eu respeito muito Raquel Pennington e Tecia ( Torres, namorada da desafiante e também lutadora do UFC). Hoje à noite vamos celebrar nossa amizade, tomar uma cerveja, comemorar. Muito obrigada, galera. Foi muito importante pra mim ter todos vocês aqui. Foi algo que nunca senti antes. Quero deixar bem claro: eu moro lá fora, mas eu defendo a bandeira do Brasil. Esse cinturão é nosso. Vim aqui para dividir com vocês”, afirmou Amanda ainda no octógono.

Veja Também

UFC 224: Lyoto aposenta Vitor Belfort com nocaute espetacular
VÍDEO: Veja o nocaute de Lyoto Machida sobre Vitor Belfort
UFC 224: Jacaré para em Gastelum e vê chance do cinturão escapar
UFC 224: Capoeira, Mutante e Davi Ramos brilham no card preliminar dominado por brasileiros

A luta

Amanda Nunes precisou de apenas alguns segundos para dar as ‘boas-vindas’ a Raquel Pennington. Logo nos primeiros movimentos, a campeã acertou um chute na base da desafiante, que caiu. A brasileira aproveitou o momento e conectou vários golpes na rival, que ficou pressionada contra as grades. Nunes abusou das combinações de chutes na perna e golpes de mão na cabeça de Pennington.

Amanda manteve o mesmo ritmo da parcial anterior no segundo round. Ela colocou a rival contra as grades, trabalhou com chutes nas pernas e com precisos socos na cabeça da norte-americana.  No minuto final, A Leoa encaixou duas boas joelhadas na desafiante, que, como defesa, conseguiu uma queda. Mesmo por cima, a desafiante não conseguiu trabalhar no solo.

O bom momento no final do segundo round, fez Pennington voltar disposta no terceiro assalto. Ela começou a entrar no raio de ação da brasileira e arriscar alguns golpes. Porém, a brasileira rapidamente retomou o controle ao derrubar a rival. Mesmo por cima, a Leoa não avançou no solo e o árbitro Marc Goddard recolocou as duas de pé. No recomeço foi a vez de Pennington tentar a queda, mas duas fortes joelhadas aplicadas por Amanda deixaram a desafiante no chão quando o gongo soou.

No quarto round, sem chances de vencer a disputa na decisão, Pennington abriu o jogo e foi pra cima. Mas Amanda se esquivou das investidas e voltou a pressionar a norte-americana contra as grades. Ela combinou chute seguido de cruzado de direita, que deixaram Raquel atordoada. Nunes terminou a parcial com mais uma queda.

Antes do início do quinto round, Raquel Pennington disse ao técnico que não conseguiria voltar. Mas seu mentor a convenceu a ‘mudar seu pensamento’ e voltar a disputa. Porém, foi em vão. Amanda tomou o controle das ações e, mais uma vez, derrubou Pennington. A brasileira conseguiu espaço, fez postura e soltou vários socos por cima. No desespero, a norte-americana virou de costas. A Leoa continuou o castigo até o árbitro encerrar a disputa e decretar o nocaute técnico.

Resultados do UFC 224 Rio

Card principal

Peso galo: Amanda Nunes derrotou Raquel Pennington por nocaute técnico a 2m36s do R5

Peso médio: Kelvin Gastelum derrotou Ronaldo Jacaré na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso palha: Mackenzie Dern finalizou Amanda Cooper com um mata-leão a 2m27s do R1

Peso galo: John Lineker derrotou Brian Kelleher por nocaute a 3m43s R3

Peso médio: Lyoto Machida derrotou Vitor Belfort por nocaute a 1m do R2

Card preliminar

Peso médio: Cézar Mutante finalizou Karl Roberson com um katagatame a 4m45s do R1

Peso pesado: Alexey Oleynik finalizou Júnior Albini com um Ezequiel a 1m45s do R1

Peso leve: Davi Ramos finalizou Nick Hein com um mata-leão a 4m15s do R1

Peso meio-médio: Elizeu Capoeira derrotou Sean Strickland por nocaute a 3m12s R1

Peso meio-médio: Warlley Alves derrotou Sultan Aliev por nocaute técnico (interrupção médica) a 5m do R2

Peso médio: Jack Hermansson derrotou Thales Leites por nocaute técnico a 2m10s do R3

Peso meio-médio: Ramazan Emeev derrotou Alberto Miná na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso médio: Markus Maluko finalizou James Bochnovic com um mata-leão a 4m48s do R1

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário