UFC Chile: Demian para em defesa de quedas de Usman e perde na decisão

Durante os cinco rounds Kamaru conseguiu escapar do jiu-jitsu do brasileiro e manteve a luta em pé para levar a fatura na decisão

Usman vence Demian no UFC Chile (Foto: Reprodução Twitter ufc_brasil)

Kamaru Usman conseguiu ser a kryptonita de Demian Maia ao fazer o anti-jogo do brasileiro na luta principal do UFC Chile, evento realizado neste sábado (19), em Santiago. Após um bom primeiro round do faixa-preta paulista, o “Pesadelo Nigeriano” manteve a luta em pé, frustrou as investidas de Maia no solo e trabalhou com golpes de boxe para vencer a disputa decisão unânime (50-45, 49-46, 49-46).

Com o triunfo, Usman, 7º colocado no ranking dos meio-médios (até 77 kg.), conquistou sua 12ª vitórias consecutiva e se candidata a entrar no top-5 da categoria. Por outro lado, Demian, 5º na classificação, sofre sua terceira derrota consecutiva e deve descer no ranking.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Eu tenho muito respeito por Demian Maia, ele é uma lenda do jogo. Sem desculpas, mas acho que quebrei minha mão direita no segundo round e minha esquerda no terceiro. Mas mesmo assim, enfrentei uma lenda no esporte e dominei do início ao fim. A cabeça dele é dura, ele defende os socos com o lóbulo frontal. Eu senti as duas quebrando”, afirmou Usman.

A luta

O início do embate foi muito estudado. Usman acertou um golpe na perna direita, com um chute baixo. Demian deu seus primeiro golpe com direto de esquerda. Kamaru voltou a chutar, mas o brasileiro tentou buscar as pernas e a queda do adversário. O nigeriano conseguiu defender. Mesmo em pé, Demian conseguiu colocar um gancho e tentou pegar as costas. Usman utilizou a esgrima para defender-se das investidas do brasileiro. O árbitro separou os lutadores, apesar da posição de domínio do Maia.

PUBLICIDADE:

No segundo round, o brasileiro colocou um direto de esquerda logo no início. O nigeriano estava mais rápido, quando o brasileiro tentava buscar as quedas, ele rapidamente conseguia a defesa com um “sprawl”, jogando o quadril para trás. O combate se manteve em pé e na trocação e Usman foi gostando da luta.

A história se repetiu no terceiro round. O nigeriano buscava mais a luta em pé, disparando golpes e evitava entrar no jogo do brasileiro. O nigeriano apostou nos jabs e diretos. Maia tentou várias quedas, mas foi surpreendido pelas defesas rápidas de Usman. Com os golpes, Usman desequilibrou Demian com um chute baixo, e o brasileiro se deitou, convidando o adversário para entrar em sua guarda.

PUBLICIDADE:

No quarto round, o Kamaru  encontrou a distância dos golpes e surpreendeu Demian Maia com um direto de direita. O soco levou o brasileiro a knockdown. O nigeriano foi para cima buscar o nocaute técnico, mas Demian se recuperou e reverteu o jogo. Kamaru buscou a luta em pé novamente. O brasileiro realizou novas tentativas de queda, mas todas sem sucesso.

O último round foi uma repetição dos quatro tempos anteriores. Demian buscou a queda para aplicar seu jiu-jitsu , mas Usman defendeu e pressionou o brasileiro. Maia conseguiu aplicar alguns golpes , mas levou mais socos do desferiu. O brasileiro teve uma oportunidade no chão: ele tentou encaixar um triângulo de mão invertido, porém Kamaru conseguiu sair de posição e voltou a ficar de pé. Maia ainda arriscou um chute rodado na linha de cintura, mas não dava tempo para mais nada .

PUBLICIDADE:

Resultados UFC Chile:

Card principal

Peso meio-médio: Kamaru Usman derrotou Demian Maia na decisão unânime dos juízes (49-46, 50-45, 49-46)

Peso palha: Tatiana Suarez finalizou Alexa Grasso com um estrangulamento a 2m44seg do R1

Peso meio-pesado: Dominick Reyes nocauteou Jared Cannonier a 2min55seg do R1

Peso galo: Guido Cannetti venceu Diego Rivas por decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso mosca: Andrea Lee derrotou Veronica Macedo por decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso meio-médio: Vicente Luque nocauteou Chad Laprise a 4m16seg do R1

Card preliminar

Peso meio-médio: Michel Trator venceu Zak Cummings por decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso mosca: Alexandre Pantoja derrotou Brandon Moreno por decisão unânime dos juízes (30-26, 30-26, 29-27)

Peso palha: Poliana Botelho nocauteou Syuri Kondo a 33seg do R1

Peso pena: Gabriel Benítez nocauteou Humberto Bandenay a 39seg do R1

Peso-pena: Enrique Barzola venceu Brandon Davis por decisão unânime dos juízes (30-27, 30-26, 30-26)

Peso galo: Frankie Saenz derrotou Henry Briones por decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-26)

Peso leve: Claudio Puelles finalizou Felipe Silva com uma chave de calcanhar a 2min23seg do R3

Leia Mais sobre: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,


Comentários

Deixe um comentário

Resultados do UFC 300 Resultados do UFC Las Vegas 90 Resultados do UFC Atlantic City Resultados do UFC Las Vegas 89 Resultados do UFC Las Vegas 88