Após vitória no UFC Liverpool, Neil Magny pede luta contra Kamaru Usman

O norte-americano acredita que pode se adaptar ao estilo de luta de Usman e vencê-lo na luta em pé ou no chão

Magny tem um cartel com 25 lutas, com 20 vitórias e seis derrotas. Foto: Josh Hedges/UFC

Uma das lutas mais esperadas do UFC Liverpool era entre Neil Magny e Craig White. Magny não decepcionou os espectadores do evento e nocauteou White ainda no primeiro round. Com a vitória, o meio-médio pediu para lutar contra Kamaru Usman.

“Ele provou ser um grande lutador até agora. Ele está no top five agora, então faz sentido querer chamar um cara que realmente provou a si mesmo uma e outra vez, em vez de outra pessoa. Então, se isso terminar, eu levarei a luta. Se não, veremos o que acontece”, afirmou Magny sobre Usman.

Veja Também

Darren Till vence Stephen Thompson e faz a festa da torcida no UFC Liverpool
Hannibal fatura bônus de ‘Performance da Noite’ do UFC Liverpool

Kamaru vem de vitória sobre Damian Maia no UFC Chile a menos de 10 dias. Com o triunfo Usman subiu para a quinta colocação no ranking da categoria. Mesmo com a vitória, Magny é o nono colocado dos pesos meio-médios.

Neil acredita que Usman é um forte oponente, mas que pode faz uma estratégia para vencê-lo a qualquer momento.

“Esta é uma das coisas que me faz um bom lutador, eu sou capaz de me adaptar às coisas como elas vêm. Usman mostrou muitas coisas no passado. Se ele quiser mantê-lo em pé, posso encontrar uma maneira de vencê-lo em pé. Se ele quer lutar, eu vou encontrar uma maneira de vencê-lo. Se for para o chão, encontrarei uma maneira de encontrar uma submissão ou invertê-la e estou no topo e terminar a luta”, explicou Magny.

Neil Magny tem um cartel com 25 lutas, com 20 vitórias e seis derrotas. Teve triunfos sobre: Carlos Condit, Johny Hendricks, Kelvin Gastelum e Eric Silva. Sua última derrota foi para o brasileiro, Rafael dos Anjos em setembro de 2017.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário