Minotouro revela internação antes da luta no UFC São Paulo

O lutador brasileiro ficou internado por 10 dias devido a uma infecção na perna e manteve seu treinamento no quarto do hospital

R. Minotouro tem 31 lutas em sua carreira. Foto: Reprodução/Instagram @minotouromma

Após quase dois anos afastado do octógono, Rogério Minotouro demonstrou no UFC São Paulo que ainda tem muito a oferecer ao MMA. O brasileiro nocauteou Sam Alvey a um minuto do segundo round. Em coletiva de imprensa pós-evento, o lutador revelou que teve uma infecção na perna o que dificultou seu treinamento para luta contra o norte-americano.

Veja Também

VIDEO: Assista o nocaute de Rogério Minotouro sobre Sam Alvey no UFC São Paulo
Com direito a show, Alex Cowboy atropela italiano em 39 segundos no UFC São Paulo

“Tive infecção na perna, fui para o hospital, fiquei 10 dias lá. Foi difícil voltar. Estava na cabeça que essa não seria a volta perfeita, com um mês para lutar, cheio de antibiótico no corpo, mas fizemos um trabalho forte de preparação física para tentar recuperar e manter o gás. Fui conseguir o gás nos 10 últimos dias de treino, mas pretendo voltar a lutar novamente”, disse Minotouro.

Aos 42 anos, Minotouro foi questionado sobre a aposentadoria e afirmou ter cogitado a possibilidade. Contudo, após a atuação sobre Alvey, ele pretende continuar lutando até o fim deste ano ou início de 2019.

“Sou um lutador com 42 anos lutando. Tem pouca gente que conheço (nessa idade) lutando bem, mas com certeza eu tenho que pensar na época de aposentadoria, não é um assunto fora de cogitação, mas acredito que com a performance de hoje afaste cada vez mais o tempo de aposentadoria. Pretendo lutar este ano ainda, vou pedir para tentar até o fim do ano ou no início do ano que vem”, explicou Rogério.

Rogério Minotouro tem uma carreira de 17 anos no MMA profissional. Foram 31 confrontos, sendo 23 vitórias e oito reveses. O brasileiro está no Ultimate desde 2009 quando nocauteou Luiz Cane no UFC 106. Desde então, foram seis triunfos em 11 duelos.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário