Kron Gracie estreia no UFC Phoenix como favorito nas casas de apostas

A luta principal do evento no estado do Arizona é entre Francis Ngannou e Caín Velásquez pelo peso-pesado

Kron (foto) estreia no UFC neste domingo. Foto: Metamoris/Divulgação

O UFC Phoenix, marcado para este domingo, 17 de fevereiro, no estado do Arizona, nos EUA, será especial para todos nós, amantes do MMA. Dentro do octógono, teremos a estreia de Kron Gracie, de 30 anos. Já deu para perceber que o cara tem DNA de lutador vencedor, não é? Ele é filho do Rickson Gracie e neto de Hélio Gracie, lendas das artes marciais. O adversário do brasileiro será o norte-americano Alex Caceres, também de 30 anos, pela categoria peso-pena.

Em sua curta carreira no MMA, Kron, faixa preta no jiu-jitsu, tem um cartel de 4 lutas e 4 vitórias, todas conquistadas com finalizações. O fato de sua última luta ter sido em dezembro de 2016, contra o japonês Tatsuya Kawajiri, no Rizin 4, vencida com um mata-leão, pode fazer o representante da família Gracie sentir um pouco o ritmo. Alex Caceres venceu o mexicano Martin Bravo no dia 6 de julho do ano passado, no TUF 27 Finale. Só que o cartel de Caceres mostra uma irregularidade bem grande. Em 25 apresentações, ele teve 14 vitórias e 11 derrotas.

Baseados nos números citados acima, o Oddsshark indica Kron como favorito para levar a melhor no embate, estando avaliado em R$ 1,28 a cada R$ 1,00 investido, contra R$ 3,75 do adversário.

Outros brazucas em ação

Na noite de domingo teremos também outros brasileiros em ação. Pelo peso-galo, o potiguar Renan Barão, de 32 anos, estimado em R$ 2,50, mede forças com norte americano Luke Sanders, 1 ano mais velho. Mesmo com o cartel de 34 vitórias e 7 derrotas, o brazuca não vem com uma sequência boa, não. Ele acumula três derrotas seguidas. A vitória mais atual foi conquistada há três anos, sobre Phillipe Nover, da terra do Tio Sam, por decisão unânime dos juízes. O americano também não tem boas lembranças de sua luta mais recente. Ele, que tem o retrospecto de 12 triunfos e 2 reveses, foi superado com uma finalização pelo brasileiro Rani Yahya no UFC 135, ainda no round inicial do confronto.

Vicente Luque, com 27 anos, nascido nos EUA, mas filho de mãe brasileira e pai chileno, ao contrário de Renan Barão, sobe no octógono melhor cotado, com a quantia de R$ 1,28, R$ 2,47 a menos que o californiano Bryan Barberena, de 29 anos. O cartel destes lutadores é bem parecido. Luque tem 14 vitórias, 6 derrotas e 1 empate, enquanto que Barberena conta com 14 resultados positivos e 5 negativos.

Francis Ngannou x Caín Velásquez

O embate principal do UFC Phoenix será entre o camaronês Francis Ngannou e o americano Caín Velásquez pelo peso-pesado. Este segundo atleta, de 36 anos, já foi campeão duas vezes em sua categoria, e tem um cartel invejável, de 14 triunfos e apenas 2 reveses, porém, ele vive situação parecida que Kron Gracie, tendo feito a luta mais recente em 2016. Atualmente, Caín não aparece nas 15 primeiras posições do ranking do UFC.

Do outro lado do embate, Francis, conhecido também como “The Predator”, é o terceiro colocado da classificação, com o cartel de 12 vitórias e 3 derrotas. A sua última vítima foi o americano Curtis Blaydes, no dia 24 de novembro de 2018, por nocaute técnico, no UFC 141.

Mais uma vez, as casas de apostas nos surpreendem e mostram Caín Velásquez com mais chances de sair vencedor do octógono. Você deve estar pensando: “Ué, ele não estava parado?” Sim, os números e as estatísticas não podem ser desprezados, porém, nestas lutas conta muito a bagagem e a experiência do lutador. O favorito paga R$ 1,58, e o azarão, R$ 2,40 para 1, indica o Oddsshark.

 Confira todas as lutas e as cotas do UFC Phoenix:

CARD PRINCIPAL

A partir das 23h, no horário de Brasília

Francis Ngannou (R$ 2,40) x (R$ 1,58) Cain Velásquez – Peso pesado

James Vick (R$ 1,80) x (R$ 2,00) Paul Felder – Peso-leve

Cortney Casey (R$ 3,50) x (R$ 1,30) Cynthia Calvillo – Peso palha

Kron Gracie (R$ 1,28) x (R$ 3,75) Alex Caceres – Peso pena

Bryan Barberena (R$ 4,00) x (R$ 1,25) Vicente Luque – Peso meio-médio

Myles Jury (R$ 1,61) x (R$ 2,37) Andre Fili – Peso pena

CARD PRELIMINAR

A partir das 19h30, no horário de Brasília

Jimmie Rivera (R$ 2,30) x (R$ 1,62) Aljamain Sterling – Peso galo

Benito Lopez (R$ 2,75) x (R$ 1,47) Manny Bermudez – Peso galo

Andrea Lee (R$ 1,57) x (R$ 2,50) Ashlee Evans-Smith – Peso mosca

Scott Holtzman (R$ 1,57) x (R$ 2,50) Nik Lentz – Peso-leve

Jessica Penne (R$ 1,66) x (R$ 2,25) Jodie Esquibel – Peso palha

Renan Barão (R$ 2,50) x (R$ 1,57) Luke Sanders – Peso galo

Alexandra Albu (R$ 1,72) x (R$ 2,10) Emily Whitmire – Peso palha

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments