Vicente Luque sofre, mas vence Bryan Barberena no UFC Phoenix

Brasileiro, que estava perdendo a disputa nas papeletas, conseguiu tirar um nocaute da cartola faltando seis segundos para o fim da luta

Luque vence no UFC Phoenix (Foto: Reprodução/Facebook UFC)

Foi com emoção, mas Vicente Luque emplacou sua quarta vitória consecutiva no Ultimate. O brasileiro travou uma verdadeira batalha contra Bryan Barberena, mas, faltando apenas seis segundos para o fim, ele conseguiu encaixar uma bela joelhada e levar o triunfo por nocaute técnico. O duelo foi atração no card principal do UFC Phoenix, realizado neste domingo (17), no Arizona (EUA).

Veja Também

Kron Gracie finaliza Alex Caceres, quebra jejum da família e estreia com vitória no UFC Phoenix
UFC Phoenix: Renan Barão sofre duro nocaute e corre risco de demissão
Vídeo: Assista à finalização de Kron Gracie sobre Alex Caceres no UFC Phoenix
VÍDEO: Assista o nocaute sofrido pro Renan Barão no UFC Phoenix

“Esse foi um dos rivais mais difíceis que eu já enfrentei, eu estou nocauteando todo mundo e vou chegar no top 10 desta maneira”, afirmou Luque.

Com o resultado, Vicente Luque chega a 15ª vitória na carreira e pode entrar no top-15 da divisão de meio-médios. Por outro lado, Barberena sofreu sua primeira derrota por nocaute na carreira.

A luta

Luque começou o duelo impondo seu ritmo. Ele trabalhou com boas combinações de socos e encurralou o norte-americano no canto da grade em várias oportunidades. Por sua vez, Barbarena mostrou muita resistência, para suportar a pressão e não cair. Em um surpreendente contragolpe, Bryan levou Vicente a knockdown.  Apesar do susto, o brasileiro conseguiu inverter a posição no solo e atacou um estrangulamento. Porém o golpe não estava bem encaixado. Nos segundos finais, Barbarena saiu do mata-leão e terminou a parcial acertando bons socos por cima.

No segundo round, Barberena ganhou moral na luta. Ele caminhou disparando vários socos, enquanto Luque apenas se fechava. O brasileiro, sem a mesma movimentação, era um alvo fixo e seus contragolpes eram bem absolvidos pelo norte-americano. Dessa vez, nos segundos finais, foi a vez do atleta tupiniquim surpreender ao disparar uma joelhada que chegou a derrubar o rival.

Com o duelo totalmente equilibrado, o terceiro assalto iria definir o vencedor. Barberena continuava acertando os melhores golpes caminhando para frente. Luque tentava responder, mas já cansado não levava perigo. Em desvantagem em pé, ele sequer tentava levar a disputa para o solo. O norte-americano ditava o ritmo da peleja.

Com o duelo caminhando para a decisão, Vicente Luque tirou um coelho da cartola para vencer o combate. Ele combinou dois socos para dominar o pescoço do rival e encaixar uma linda joelhada. Depois de aguentar um enorme castigo no início da disputa, Bryan Barberena caiu nos segundos finais de joelho no chão. Com mais alguns socos, ele foi nocauteado a 4m54 do terceiro round – faltando apenas seis segundos para o fim.

Resultados do UFC Phoenix

Card Principal

Peso pesado: Francis Ngannou derrotou Cain Velasquez por nocaute técnico a 26seg. do R1

Peso leve: Paul Felder derrotou James Vick na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 30-27)

Peso palha: Cynthia Calvillo derrotou Cortney Casey na decisão unânime dos juízes (29-28, 30-27, 29-28)

Peso pena: Kron Gracie finalizou Alex Caceres com um mata-leão a 2m06s do R1

Peso meio-médio: Vicente Luque derrotou Bryan Barberena por nocaute técnico a 4m54s do R3

Peso pena: Andre Fili derrotou Myles Jury na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Card Preliminar

Peso galo: Aljamain Sterling derrotou Jimmie Rivera na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso galo: Manny Bermudez finalizou Benito Lopez com um triângulo de mão a 3m09s do R1

Peso mosca: Andrea Lee derrotou Ashlee Evans-Smith na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso leve: Nik Lentz derrotou Scott Holtzman na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso palha: Jessica Penne x Jodie Esquibel – luta cancelada

Peso galo: Luke Sanders derrotou Renan Barão por nocaute a 1m011s do R2

Peso palha: Emily Whitmire finalizou Alexandra Albu com um mata-leão a 1m01s do R1

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments