Gustafsson quer vitória sobre Smith, mas garante: ‘Nem estou pensando em título’

Alexander revelou ter passado por momentos estressantes nos cinco anos em que buscou o cinturão dos meio-pesados. Agora, o sueco quer enfrentar os melhores lutadores e se divertir

A. Gustafsson quem uma vitória em solo sueco. Foto: Reprodução/Instagram @ufc

Alexander Gustafsson foi escalado para enfrentar Anthony Smith na luta principal do UFC Estocolmo, no dia 01 de junho. O sueco quer voltar ao caminho das vitórias com um triunfo sobre o rival frente a sua torcida. Mas está enganado quem pensa que o lutador busca novamente uma disputa do cinturão dos meio-pesados. Em entrevista ao programa norte-americano The MMA Hour, o ex-desafiante ao título garantiu que não está pensando no título.

Veja Também

Alexander Gustafsson e Anthony Smith fazem luta principal do UFC Estocolmo
Alexander Gustafsson desafia Corey Anderson para confronto no UFC Londres

Alexander vem na jornada para conquistar o cinturão dos meio-pesados desde 2013. Sua primeira disputa foi no UFC 165 contra Jon Jones. Gustafsson chocou o mundo ao lutar de igual para igual com ‘Bones’, mas foi derrotado por decisão unânime. Em outubro de 2015, o sueco teve uma nova chance de conquistar o título. Porém foi derrotado por Daniel Cormier em decisão dividida no UFC 192.

A sua terceira e última disputa do cinturão, Gustafsson voltou a encarar Jones no UFC 232, em dezembro de 2018. Desta vez, Jon nocauteou Alexander aos 2m02s do segundo round e reconquistou o título da divisão.

Após cinco anos tentando ser campeão da categoria, Gustafsson admitiu que foram momentos estressante e que agora vai pensar em luta por vez.

“Nem estou pensando em título. Tenho pensado no título há muito tempo, e isso tem sido uma coisa estressante para mim. Tem estado lá o tempo todo ao meu redor – o título, o título, o título. Só tenho que sentar por um tempo e pegar a próxima luta, e ser mais ativo, tentar ser um lutador melhor e mais esperto. Ainda tenho 32 anos, acho que ainda não estou velho no jogo. Acho que tenho muito mais para dar e meu corpo está fresco, me sinto bem, estou me divertindo treinando. Tem essa luta agora em Estocolmo e, vencendo Anthony Smith, então nós vamos ver a partir daí qual será o próximo desafio. ‘Preciso me tornar um candidato ao título’. Não é mais assim. Estou apenas fazendo uma luta de cada vez e tentando lutar contra os melhores caras, e me divertir fazendo isso”, explicou Gustafsson.

Anthony também vem de derrota para Jon Jones. O norte-americano foi superado pelo campeão por decisão unânime no UFC 235, dia 02 de fevereiro, em Las Vegas. Gustafsson afirmou que Smith é um guerreiro e está ansioso para enfrentá-lo no UFC Estocolmo.

“Ele está em forma e se sente como me sinto. Ele acabou de perder e quer provar que é melhor do que o que ele mostrou, e ele só quer voltar a lutar e vencer de novo. Então, acho que ele está em forma e pronto para isso, está pronto para lutar comigo e quer me bater, o entendo perfeitamente. Não sou o cara certo para julgá-lo (na luta contra Jon Jones), apenas lutei com o Jon e me perdi. Ele mostrou um pouco de coração e sofreu alguns danos e continuou em movimento, ele é um guerreiro e mal posso esperar para recebê-lo e dar aos fãs um ótimo show”, completou o sueco.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário