Lyoto Machida sobre luta contra Chael Sonnen: ‘Ele não consegue me tocar’

Brasileiro faz referência ao wrestling do norte-americano, que já se mostrou eficiente em diversas ocasiões

L. Machida acredita que jogo de C.Sonnen não funcionará contra ele. Foto: Reprodução/Twitter ufc_brasil)

O brasileiro Lyoto Machida disse que estará preparado para se defender do wrestling de seu próximo adversário: o norte-americano, Chael Sonnen. A declaração foi publicada pelo canal ‘The Blogboard Jungle’. Lyoto e Chael se enfrentam no dia 14 de junho pelo Bellator, em Nova York (EUA).

Veja Também

Alistair Overeem diz que constante troca de treinadores é responsável por sua longevidade no MMA
Fã que teve celular quebrado por Conor McGregor retira processo contra lutador
Cody Garbrandt ironiza TJ Dillashaw após punição: ‘Me ligue quando a suspensão acabar, covarde’

“Eu sei que ele não pode me tocar”, disse o brasileiro.

O wrestling do ‘Gangster Americano’ é conhecido por muitos brasileiros. Sonnen tomou notoriedade ao travar uma batalha épica com o brasileiro Anderson Silva em 2010, no UFC 117. Na ocasião, o norte-americano castigou o ‘Spider’ por cinco rounds, mas foi surpreendido por um triângulo aplicado pelo brasileiro segundos antes do combate acabar, obrigando Chael a desistir.

O estilo de luta de Sonnen, porém, caiu como uma luva contra o lendário Wanderlei Silva, em 2017. O estilo agressivo de Silva foi alvo fácil para o norte-americano, que conseguiu manter a luta no chão durante praticamente todos os três rounds disputados.

Lyoto, porém, tem como característica manter o adversário afastado e se arriscar no contragolpe. A guarda diferenciada do atleta é capaz de confundir seus oponentes, o que o levou à conquista do cinturão meio-pesado do UFC em 2009, sobre Rashad Evans.

O “Dragão”, no entanto, demonstrou respeito ao falar de Sonnen, a quem considera um lutador experiente.

“Tenho visto muitas lutas de Chael desde que ele estava no UFC. Eles (Sonnen e sua equipe) têm praticamente o mesmo plano de jogo, mas maneiras diferentes (de colocá-lo em prática)”, comentou o lutador. “Ele gosta de socar e depois tenta buscar as pernas, depois começa a misturar tudo. Então, ele é um bom oponente e um lutador experiente. Ele melhorou muito sua luta no chão, mas eu vou estar pronto para isso”, finalizou Lyoto.

Lyoto Machida atualmente está com 40 anos e fará a sua segunda luta desde que oficializou sua saída do UFC. Em seu último embate, derrotou o brasileiro Rafael Carvalho por decisão dividida dos juízes, em dezembro de 2018, na sua estreia pelo Bellator. Em sua carreira, possui 32 lutas, 24 vitórias e oito derrotas.

Chael, de 42 anos, conta com 47 lutas, sendo 31 vitórias, 15 derrotas e um empate. Em seu último compromisso, enfrentou Fedor Emelianenko e foi derrotado por nocaute no primeiro round, em outubro do ano passado.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário