Nos médios, Hendricks e Lombard fazem a luta principal do UFC Halifax

Ex-campeão dos meio-médios, Hendricks sobe de categoria pela primeira vez; Duelo com Lombard substitui Cigano x Struve

Hendricks (esq) e Lombard (dir) se enfrentam dia 19 de fevereiro. (Foto: Produção SUPER LUTAS / Getty Images)

Hendricks (esq) e Lombard (dir) se enfrentam dia 19 de fevereiro. (Foto: Produção SUPER LUTAS / Getty Images)

Após a lesão de Stefan Struve e a retirada de Junior Cigano do card, o UFC Halifax, que será realizado dia 19 de fevereiro, no Canadá, ganhou uma nova luta principal. Trata-se do duelo entre Johny Hendricks e Hector Lombard, válido pela categoria dos médios (até 84kg). A informação é do site norte-americano ‘MMAJunkie’.

Veja Também

Cigano não luta mais no UFC Halifax (Foto: Getty Images)
Sem adversário, Júnior Cigano não lutará mais no UFC Halifax
Struve está fora da luta contra Cigano. (Foto: Getty Images)
Struve sofre lesão e deixa luta contra Junior Cigano, em fevereiro

Ex-campeão dos meio-médios (até 77kg), Hendricks, que atravessa a pior fase de sua carreira, fará sua estreia na divisão dos médios. Nas últimas cinco vezes em que subiu no octógono, foi derrotado em quatro, somando três em sequência. O revés mais recente foi diante de Neil Magny no UFC 207, em dezembro de 2016. Ao 33 anos, soma 12 triunfos e e seis reveses no Ultimate.

Hector Lombard, 38 anos, também não vive boa fase. Sem vencer oficialmente desde março de 2014, foi nocauteado em seus dois últimos confrontos: perdeu para Neil Magny, em março, e para Dan Henderson, em junho. Contratado a peso de ouro pelo UFC em 2012, o cubano ainda não convenceu na organização: em oito lutas, foram quatro derrotas, três vitorias e um No Contest.

Além de Cigano, o card do UFC Halifax ainda conta, até o momento, com mais três brasileiros. Cezar Mutante, Thiago Marreta e Reginaldo Vieira, que enfrentam, respectivamente, Elias Theodorou, Jack Marshman e Aiemann Zahabi. O argentino Santiago Ponzinibbio também está escalado para o show, e terá pela frente o francês Nordine Taleb, que nocauteou Erick Silva em março de 2016.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário