Max Hollaway é favorito contra Frankie Edgar na luta pelo cinturão no UFC 240

OddShark mostra o retorno de R$ 1,25 para Holloway e de R$ 4,00 para Edgar

Holloway (esq.) encara Edgar (dir.). Foto: Montagem SL MMA Press

O cinturão do peso-pena estará em jogo na noite deste sábado, dia 27 de julho, no UFC 240, em Edmonton, no Canadá. O campeão da categoria, o americano Max Holloway vai defender o título contra o compatriota Frankie Edgar. Será que o objeto de desejo de todos os lutadores vai mudar de mãos?

Veja Também

Cris Cyborg é cotada como ampla favorita contra Felicia Spencer no UFC 240

Aos 27 anos, Holloway, nascido no Havaí, apontado como favorito para vencer o embate, vem de um revés, este sofrido para Dustin Poirier em abril deste ano. Olha, em termos de apostas, a recente derrota não altera em nada o seu favoritismo, rendendo R$ 1,25 a cada R$ 1,00 investido por você. O cartel dele é de 20 resultados positivos e 4 negativos. A última vez que Holloway perdeu 2 embates de maneira consecutiva foi em 2013.

Já Edgar, 10 anos mais velho, natural de Nova Jersey, com o retrospecto de 23 vitórias, 1 empate e 6 derrotas ainda não lutou em 2019. A apresentação mais recente aconteceu faz tempo, em abril do ano passado, no triunfo sobre Cub Swanson. A falta de ritmo pode ser um fator determinando durante o duelo. Atualmente, ele ocupa a 4ª posição do ranking do peso-pena. A vitória no fim de semana não é vista como tão provável de acontecer, tanto que paga R$ 4,00, de acordo com o OddsShark. Quando encarou José Aldo e Brian Ortega, lutadores que estão melhores posicionados na categoria, em 3 ocasiões, ele foi superado em todas. Holloway se mostra como a melhor opção de investimento e deve manter o cinturão.

Outras lutas para ficar de olho

No peso-mosca, os brasileiros Alexandre Pantoja e Deiveson Figueiredo medem forças. O primeiro atleta, Pantoja, está embalado por 3 triunfos consecutivos, diante de Wilson Reis, Yuta Sasaki e Brandon Moreno. Do outro lado do octógono, Deivison não fica muito atrás, não. Apesar de vir da derrota para Jussier Formiga em março deste ano, este foi o único revés de sua carreira. O histórico é de 15 resultados positivos e 1 negativo. Dá para perceber que esta luta promete ser bastante disputada. A diferença de valores é de R$ 0,23. O favorito é Alexandre Pantoja.

Giacomo Lemos, de 29 anos, lutaria com o canadense Tanner Boser, porém foi pego no doping e retirado do card. Não deixe de ficar ligado também no embate entre Cyborg e Felicia Spencer pelo peso-pena. Esta é a segunda luta mais importante do UFC 240. A outras representantes tupiniquins serão Vivi Araújo e Sarah Frota. Neste link você encontra os demais prognósticos.

Como apostar?

Você entra no OddsShark – site parceiro e um dos mais respeitados do mundo quando o assunto é o palpite esportivo – escolhe uma casa de aposta e cria um perfil, com login e senha. Depois de ter feito o cadastro, é só você depositar a quantia que deseja e começar a dar os seus palpites.

Analisar a fase das lutadores, o retrospecto das lutas mais recentes ajudam a fazermos investimentos mais seguros, embasados, sem chute, o que aumenta consideravelmente as suas chances de lucro.

Confira as lutas e as cotas do UFC 240:

CARD PRINCIPAL

A partir das 23h, no horário de Brasília

Max Holloway (R$ 1,25) x (R$ 4,00) Frankie Edgar – Peso pena

Cris Cyborg (R$ 1,14) x (R$ 5,50) Felicia Spencer – Peso pena

Geoff Neal (R$ 1,30) x (R$ 3,50) Niko Price – Peso meio-médio

Olivier Aubin-Mercier (R$ 2,65) x (R$ 1,48) Arman Tsarukyan – Peso leve

Marc-Andre Barriault (R$ 2,40) x (R$ 1,58) Krzysztof Jotko – Peso leve

CARD PRELIMINAR

A partir das 19h15, no horário de Brasília

Alexis Davis (R$ 3,10) x (R$ 1,37) Vivi Araújo – Peso mosca

Hakeem Dawodu (R$ 1,25) x (R$ 4,00) Yoshinori Horie – Peso mosca

Gavin Tucker (R$ 1,69) x (R$ 2,15) Seung Woo Choi – Peso mosca

Alexandre Pantoja (R$ 1,77) x (R$ 2,00) Deiveson Figueiredo – Peso mosca

Sarah Frota (R$ 2,10) x (R$ 1,71) Gillian Robertson – Peso mosca

Erik Koch (R$ 1,90) x (R$ 1,83) Kyle Stewart – Peso leve

 

 

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments