Cormier se diz impressionado com Dominick Reyes: ‘É um garoto incrível’

Ex-campeão meio-pesado e eterno rival de Jon Jones acredita que norte-americano pode dar trabalho ao número um da divisão

D. Cormier em entrevista. Foto: Reprodução/YouTube ESPN MMA

O meio-pesado (até 93kg.) Dominick Reyes realmente impressionou a muitos após sua última atuação, no UFC Boston, na última sexta-feira (18), quando bateu com facilidade o ex-campeão dos médios (até 83,9kg.), Chris Weidman. A performance do jovem saltou os olhos de um velho conhecido da divisão, Daniel Cormier. Comentarista do evento, ‘DC’, em entrevista à ‘ESPN’, rasgou elogios ao combatente e afirmou que ele pode ser um sério candidato a tomar o título de Jon Jones.

Veja Também

Y. Rodriguez (esq.) e J. Stephens se abraçam após batalha no UFC Boston. Foto: Reprodução/Twitter @ESPN on MMA
Yair Rodriguez elogia Stephens após bater rival no UFC Boston: ‘Respeito por este guerreiro’
Dominick Reyes
Invicto na carreira, Reyes afirma ser homem que vai bater Jon Jones: ‘Sou um animal diferente’
Dana White
Dana White sobre McGregor: ‘Ele não é mais o cara. Agora, Khabib dá as cartas’

“Eu acho que é uma boa luta (Jones x Reyes). Dominick Reyes tem uma boa forma física. Ele mostrou que consegue defender quedas. Eu acho que aqueles dois fariam uma grande luta. Eu acho esse garoto incrível. Ele fez tudo certo para chegar na condição que está agora. Estou muito impressionado com ele”, disse Cormier.

Para Daniel, não há necessidade fazer delongas para agendar o confronto entre Dominick e Jones. No atual ranking da categoria, Reyes aparece logo na quarta posição, sendo que, à sua frente, tem apenas Anthony Smith, derrotado por Jones em março desse ano, Thiago Marreta, batido pelo campeão em julho; e o próprio Cormier, que, agora, atua na divisão dos pesados e não almeja retornar à sua antiga categoria.

“Ele (Dominick) está saudável depois dessa grande luta e Jones recentemente passou por seus problemas com a justiça, seja lá quais são. Então, por que não deixá-los lutar? (Reyes) tem uma chave que pode anular Jones e isso é tamanho”, finalizou ‘DC’.

Desde que venceu Thiago Marreta na decisão dividida dos juízes, em luta válida pelo UFC 239, a diretoria do Ultimate tem encontrado dificuldades em encontrar adversários que possam dar lucro e fazer frente aquele que, para muitos, é o melhor atleta de MMA de todos os tempos.

Nomes como o do brasileiro Johnny Walker têm surgido, trazido pela nova geração de atletas que foram contratados pela empresa. No entanto, Walker ainda tem que vencer alguns combates para provar que é, de fato, um atleta que possa um dia vir a ostentar um cinturão da companhia.

Dominick, no atual momento, pode ser considerado o melhor nome para ser escalado contra Jones, possivelmente no primeiro semestre de 2020.

Jon Jones não sabe o que é perder um combate há quase 10 anos e seu único resultado negativo aconteceu após desferir um golpe ilegal em Matt Hamill na final do TUF (The Ultimate Fighter) 10, em dezembro de 2009.

Reyes, de 29 anos, hoje, soma 12 lutas e nunca foi batido em sua carreira como profissional do MMA.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments