Bebezão quer volta por cima neste sábado após derrota em estreia pelo Ultimate

Peso pesado garante ter aprendido com resultado negativo em debute, em agosto, e promete vitória contra Jeff Hughes

R. Bebezão quer vitória no UFC Singapura. Foto: Reprodução/Instagram @raphaelpessoamma

O mês era agosto. O carioca Raphael Bebezão realizaria o sonho de estrear pelo Ultimate, no UFC Uruguai contra Ciryl Gane. Tudo ia bem, mas o brasileiro acabou surpreendido no fim do primeiro round por uma finalização de seu oponente. Dois meses se passaram e o peso pesado irá, neste sábado (26), realizar sua segunda apresentação pela empresa, no UFC Singapura, e garante estar preparado para sua primeira vitória, contra Jeff Hughes. A declaração foi feita em entrevista ao ‘Combate’.

Veja Também

Ex-campeão e lenda do MMA, Randy Couture sofre ataque cardíaco em Los Angeles
Ngannou perde a paciência com UFC: ‘Me respeitem e me arranjem a droga de uma luta”
Walker rebate declaração de Jones: ‘O maior nome vai aparecer em 2 de novembro’

“Minha estreia no UFC não foi muito boa. Surpreendi o atleta (Ciryl Gane), mas acabei finalizado numa área que gosto muito, que é o Jiu-Jitsu. Desta vez, vou fazer diferente. Vou surpreender meu adversário também e levar essa vitória para o Brasil. É uma responsabilidade muito grande. Só tem eu e o Demian Maia representando o Brasil. Eu abrindo o card e ele fechando. Tenho que levar essa vitória. Vim aqui pra fazer história”, declarou o lutador.

Raphael, de fato, terá uma tarefa difícil neste final de semana. Além de enfrentar um oponente duro, com apenas duas derrotas na carreira, o brasileiro será um dos responsáveis por abrir o espetáculo para o público presente no local.

Assim como Bebezão, Hughes também está começando sua carreira no Ultimate. O norte-americano estreou pela empresa em março deste ano e realizou dois confrontos e busca seu primeiro resultado positivo pela companhia. Em sua última apresentação, seu combate contra Todd Duffee foi encerrado após um golpe ilegal no olho logo no primeiro assalto do UFC Vancouver, em setembro.

O brasileiro, que vinha invicto em sua carreira, poderá provar que, de fato, aprendeu com a derrota e está pronto para seguir em frente em sua carreira, sendo um dos representantes tupiniquins em uma das divisões mais disputadas e perigosas da companhia.

“Me preparei muito bem. O mestre Dida (Evolução Thai) até falou comigo que eu estava muito bem, mas, num deslize meu, acabei dando mole. Agora estou treinando um pouco mais de jiu-jítsu com um cara que todo mundo conhece, que é o Serginho Moraes. Ele está me passando muitas dicas pra eu fazer essa luta bem e não ser surpreendido no chão”, disse o atleta confiante. “Eu venho treinando muito, fiquei muito motivado depois dessa derrota e já estava esperando que me chamassem logo pra lutar”, contou.

Raphael sabe que seu oponente tem o mesmo ímpeto e necessidade da vitória quanto ele. Desta forma, o atleta espera uma luta dura, mas aguarda o resultado positivo para o Brasil.

“Ele gosta muito de trocação. Vai para cima com tudo. Só que do outro lado tem um oponente tão forte quanto ele. Ele vai ter que prestar bastante atenção porque vou ser bem frio e calculista. Vou para dominar o centro do cage (octógono) e impor o meu jogo, não deixando ele impor o dele. Estou aprendendo muito na Evolução Thai, então essa vai ser minha estratégia”, finalizou o pesado.

Aos 30 anos, Bebezão, que estreou no MMA em 2016, hoje, soma 10 lutas e apenas uma derrota em sua carreira profissional.

Jeff, de 31, já disputou 13 combates, com 10 triunfos, dois reveses e uma luta sem resultado.

Programa de lutas do UFC Singapura

CARD PRINCIPAL (9h, horário de Brasília):

Peso meio-médio (até 77kg.): Demian Maia x Ben Askren

Peso leve (até 70,3kg.): Michael Johnson x Stevie Ray

Peso leve (até 70,3kg.): Frank Camacho x Beneil Dariush

Peso pesado (até 120,2kg.): Ciryl Gane x Don’Tale Mayes

Peso meio-médio (até 77kg.): Muslim Salikhov x Laureano Staropoli

CARD PRELIMINAR (6h30, horário de Brasília):

Peso palha (até 62,1kg.): Randa Markos x Ashley Yoder

Peso leve (até 70,3kg.): Alex White x Rafael Fiziev

Peso pena (até 65,7kg.): Enrique Barzola x Movsar Evloev

Peso pesado (até 120,2kg.): Sergei Pavlovich x Maurice Greene

Peso palha (até 52,1kg.): Loma Lookboonmee x Alexandra Albu

Peso pesado (até 120,2kg.): Raphael Bebezão x Jeff Hughes

 

 

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments