Volkanovski surpreende Holloway e conquista título dos penas no UFC 245

Australiano não toma conhecimento de havaiano e encerra reinado do oponente na decisão dos juízes

A. Volkanovski (foto) é o novo campeão dos penas. Foto: Reprodução/Facebook Ufc

O australiano Alexander Volkanovski foi responsável por encerrar o reinado de Max Holloway na luta co-principal do UFC 245, realizada neste sábado (14). Com o título dos penas (até 65,7kg.) em disputa, o desafiante não permitiu que o havaiano colocasse sua estratégia em prática e saiu vencedor na decisão unânime dos juízes.

Veja Também

Usman cala Covington, defende cinturão e dedica vitória ao Brasil no UFC 245
VÍDEO: Assista o nocaute de Kamaru Usman sobre Colby Covington no UFC 245
Amanda Nunes faz luta segura, domina Germaine de Randamie e defende cinturão no UFC 245
VÍDEO: Assista a vitória de Amanda Nunes sobre Germaine de Randamie no UFC 245
VÍDEO: Assista a vitória de Marlon Moraes sobre José Aldo no UFC 245

Alexander subiu ao octógono neste final de semana como um dos grandes ‘azarões’ da noite. Em sua frente, o australiano teria que bater o homem que aplicou dois duros nocautes em José Aldo, em 2017. Ciente da responsabilidade, Volkanovski mostrou um grande preparo e cumpriu à risca o plano de jogo feito por sua equipe para conquistar o grande feito.

Após o triunfo, o australiano aumentou para 18 o número de vitórias em sequência e dá início a uma nova fase na divisão dos penas. Além da conquista, o atleta interrompeu a boa fase de Holloway, que não era derrotado na divisão desde o revés para Conor McGregor, em 2013.

A luta

Os atletas começaram o combate com bastante estudo e tomando o centro do octógono. Holloway tomou a iniciativa desferindo um jab, mas tomou a resposta em seguida com um chute baixo. O campeão seguia desferindo socos no corpo do desafiante, mas Alexander mostrava perigo no contragolpe. Enquanto o havaiano tentava encontrar a distância, o australiano mostrava perigo em suas explosões. Max começava a se soltar e dançou na frente do adversário. Volkanovski, no entanto, quase conectou uma bomba no rosto do campeão, que sorriu. Os atletas trocaram mais golpes no centro do octógono, mas não havia mais tempo.

O australiano voltou para a segunda etapa desferindo um bom chute baixo na perna de Max. O campeão seguia na tentativa de minar o corpo do adversário com socos altos e baixos. Alexander permanecia conectando os melhores golpes enquanto Holloway parecia buscar o melhor momento para começar a impor seu ritmo. Mesmo com a insistência do havaiano em arriscar jabs, o australiano permanecia caminhando para frente tentando cercar o número um dos penas. Max continuava apostando no contra-ataque e o round chegou ao fim com os atletas trocando golpes no centro do octógono.

Assim como nos assaltos anteriores, a luta continuou sendo disputada de pé. Holloway começou o round caminhando para frente e deu início às provocações ao adversário, tentando induzir o adversário ao erro. Alexander permanecia concentrado e desferindo bons golpes de encontro ao corpo do campeão. Holloway esperava que o australiano atacasse para devolver a investida. O havaiano conectava bons jabs no rosto do oponente, mas também vinha sofrendo com a pressão do desafiante. No minuto final, o australiano se mostrava ligeiramente favorito na disputa, mas, nos segundos finais, uma joelhada de encontro aplicada pelo campeão acabou assustando o australiano. No fim, os dois tentaram socos rodados, mas ambos passaram no vazio.

Após quatro assaltos de pressão, Alexander ainda se mostrava ativo na luta. O australiano ainda desferia cruzados perigosos que chegavam a tocar o rosto do campeão. Max começava a ter que se soltar mais para garantir a permanência de seu título. Holloway continuava usando o jab, mas não era suficiente sequer para magoar o rosto de seu oponente. Passados quatro minutos, os atletas começaram um diálogo no centro do octógono e ameaçaram uma trocação franca. O campeão conectou dois bons golpes no rosto do adversário, mas o australiano respondeu com competência.

Max entrou na última etapa precisando de uma grande performance para tirar a chance de perder o título. Volkanovski permanecia mostrando um bom ritmo de luta e não dava espaço para que o campeão colocasse sua estratégia em jogo. Após três minutos, Alexander conectou uma boa cotovelada no rosto de Holloway. O campeão não acusou o golpe e ainda provocou o rival. Os atletas partiram para a luta franca no final, mas não havia mais tempo.

Resultados do UFC 245

CARD PRINCIPAL

Peso meio-médio (até 77kg.): Kamaru Usman derrotou Colby Covington por nocaute técnico a 4m10s do R5 – luta por cinturão

Peso pena (até 65,7kg.): Alexander Volkanovski derrotou Max Holloway na decisão unânime dos juízes (48-47 48-47 50-45) – luta por cinturão

Peso galo (até 61,2kg.): Amanda Nunes derrotou Germaine de Randamie na decisão unânime dos juízes (49-44, 49-45, 49-46) – luta por cinturão

Peso galo (até 61,2kg.): Marlon Moraes derrotou José Aldo na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso galo (até 61,2kg.): Petr Yan derrotou Urijah Faber por nocaute a 0m43s do R3

CARD PRELIMINAR

Peso meio-médio (até 77kg.): Geoff Neal derrotou Mike Perry por nocaute a 1m30s do R1

Peso galo (até 61,2kg.): Irene Aldana derrotou Ketlen Vieira por nocaute a 4m51s do R1

Peso médio (até 83,9kg.): Omari Akhmedov derrotou Ian Heinisch na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso meio-médio: Matt Brown derrotou Ben Saunders por nocaute a 4m55s do R2

Peso pena (até 65,7kg.): Chase Hooper derrotou Daniel Teymur por nocaute a 4m34s do R1

Peso mosca (até 56,7kg.): Brandon Moreno derrotou Kai-Kara France na decisão unânime dos juízes (29-28, 30-27, 29-28)

Peso mosca (até 56,7kg.): Jessica Eye derrotou Viviane Araújo na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso médio (até 83,9kg.): Punahele Soriano derrotou Oskar Piechota por nocaute a 3m17s do R1

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments