Deiveson Figueiredo vence Joseph Benavidez por nocaute, mas não leva o cinturão no UFC Norfolk

Brasileiro sai vitorioso na luta principal do UFC Norfolk, mas não conquista título por ter falhado no corte de peso

D. Figueiredo em vitória pelo UFC. Foto: Reprodução/Instagram @daico_desdaguerra

O Brasil poderia estar comemorando mais um cinturão na história do Ultimate. Na luta principal do UFC Norfolk, que aconteceu neste sábado (29), nos Estados Unidos, que seria válida pelo título dos moscas (até 56,7k.), Deiveson Figueiredo deveria se tornar o novo campeão da categoria no embate contra Joseph Benavidez. O paraense cumpriu a promessa, venceu o combate com propriedade por nocaute no segundo round, mas, por ter falhado no corte de peso realizado na última sexta-feira (28), não se tornou o novo ‘rei’ da divisão.

Veja Também

VÍDEO: Assista o nocaute brutal de Deiveson Figueiredo sobre Joseph Benavidez no UFC Norfolk
Megan Anderson nocauteia Norma Dumont e desafia Amanda Nunes pelo título das penas
Vídeo: Assista o nocaute de Megan Anderson sobre a brasileira Norma Dumont no UFC Norfolk
Gabriel Silva mostra raça, mas é derrotado por Kyler Phillips no UFC Norfolk

Após não bater não cumprir o compromisso com a balança, o brasileiro afirmou que daria um show neste final de semana para garantir a oportunidade de poder atuar pelo título no futuro. Deiveson subiu ao octógono com confiança e, atuando, na maioria do tempo de guarda baixa, promoveu um grande espetáculo para os fãs.

Joseph, que teve a chance de se tornar campeão após duas tentativas frustradas (2012 e 2013), não conseguiu impor seu ritmo e sucumbiu à força das mãos do paraense.

Após a luta, o brasileiro se desculpou com o público e UFC pela falha e prometeu sempre atuar no melhor nível em seus combates.

“Eu não estou aqui pelo cinturão, eu estou aqui para dar um show para vocês. Hoje o cinturão não está aqui comigo, mas pela graça de Deus, ele vem! Ele vem!”, disse Figueiredo após a vitória.

A luta

O combate começou com os dois atletas se estudando no centro do octógono. Benavidez tomou a iniciativa com um chute baixo sobre o brasileiro. O norte-americano novamente atacou com um cruzado de esquerda que tocou o rosto de Deiveson. O brasileiro se defendeu e conseguiu uma boa queda sobre Joseph e quase conseguiu uma chave de braço. Benavidez conseguiu se desvencilhar e o combate voltou a ser disputado de pé. O paraense se mostrava seguro no confronto e atuava com a guarda baixa. Figueiredo seguia trocando de base e confundindo o norte-americano. O atleta tentou levar o paraense para o chão, mas Deiveson mostrava atenção nas defesas. No minuto final, o norte-americano conectou uma boa sequência de socos que entraram limpos no rosto do brasileiro, mas Figueiredo seguia atento. Nos segundos finais, os combatentes partiram para a trocação franca, mas o cronômetro zerou.

No segundo assalto, Deiveson voltou iniciando as ações com um chute rodado na linha de cintura de Benavidez. O brasileiro seguia confiante na trocação e atingia o adversário na maioria de suas ações. Joseph voltou a crescer após conectar um bom cruzado de esquerdo que tocou o paraense. Passados dois minutos, Deiveson conectou um direto de direita, que explodiu no rosto do norte-americano, levando o oponente ao chão. Após partir para cima do adversário, o árbitro interrompeu o confronto e decretou a vitória do paraense.

Resultados do UFC Norfolk

CARD PRINCIPAL

Peso mosca (até 56,7kg.): Deiveson Figueiredo derrotou Joseph Benavidez por nocaute a 1m54s do R2- luta pelo cinturão*

Peso pena (até 65,7kg.): Felicia Spencer derrotou Zarah Fairn dos Santos por nocaute a 3m37s do R1

Peso meio-pesado (até 93kg.): Magomed Ankalaev derrotou Ion Cutelaba por nocaute a 38s do R1

Peso pena (até 65,7kg.): Megan Anderson derrotou Norma Dumont por nocaute a 3m31s do R1

Peso pena (até 65,7kg.): Grant Dawson derrotou Darrick Minner por finalização a 1m38 do R2

CARD PRELIMINAR

Peso galo (até 61,2kg.): Kyler Phillips derrotou Gabriel Silva na decisão unânime dos juízes (30-27,30-27, 30-27)

Peso médio (até 83,9kg.): Brendan Allen derrotou Tom Breese por nocaute a 4m47s do R1

Peso pesado (até 120,2kg.): Marcin Tybura derrotou Serghei Spivac na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 29-28)

Peso leve (até 70,3kg.): Luis Peña derrotou Steve Garcia na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso pena (até 65,7kg.): Jordan Griffin derrotou TJ Brown por finalização a 3m38s do R2

Peso pena (até 65,7kg.): Spike Carlyle derrotou Aalon Cruz por nocaute a 1m25s do R1

Peso meio-médio (até 77kg.): Sean Brady derrotou Ismail Naurdiev na decisão unânime dos juízes (29-28,29-28,30-27)

*Em função da falha no corte de peso de Deiveson Figueiredo, o título só valerá em caso de vitória de Joseph Benavidez.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments