De última hora, Karol Rosa aceita luta na próxima semana contra Sijara Eubanks

Brasileira topa desafio de substituir Macy Chiasson, que deixou o UFC Las Vegas 9 por questões médicas, e pode chegar ao top 15 das galos, em caso de vitória

K. Rosa (foto) em vitória pelo UFC. Foto: Reprodução/Facebook @ufc

Coragem e personalidade. Invicta no Ultimate, Karol Rosa aceitou o desafio de substituir Macy Chiasson no card da próxima semana, que acontece em 5 de setembro, sem local definido, e enfrentará Sijara Eubanks em luta na divisão das galos (até 61,2kg.). A brasileira terá menos de duas semanas para se preparar, mas mira lugar no top 15 como motivação. A informação foi divulgada pelo ‘Combate’.

Veja Também

Podcast SUPER LUTAS #006 debate estreia vitoriosa de Frankie Edgar nos galos no último sábado
Anthony Smith mostra animação para luta contra Aleksandar Rakic: ‘Preciso de adversários como ele’
Substituto, Robbie Lawler minimiza tempo de preparação para enfrentar Neil Magny no UFC Las Vegas 8
Técnico de Daniel Cormier apoia decisão de pupilo em se aposentar: ‘Ele não é o mesmo’
Charles do Bronx se irrita e critica atletas do top 5 dos leves: ‘Só lutam entre eles’

Além de ter pouco tempo para um desafio de peso, Rosa fará sua segunda apresentação em pouco mais de um mês. A brasileira se apresentou recentemente, no UFC 251, realizado em 11 de julho, e saiu vitoriosa no duelo brazuca contra Vanessa Melo.

Contra Eubanks, Karol poderá se firmar como grande nome para o futuro da categoria, que hoje é dominada por Amanda Nunes. O duelo marcará a terceira peleja da capixaba desde sua estreia pelo Ultimate.

Atual número 15 no ranking das galos, Sijara também se encaminha para o segundo compromisso de 2020. Em maio, a norte-americana derrotou Sarah Moras e encerrou uma sequência de dois resultados negativos em sequência – um deles para Beth Correia, a ‘Pitbull’, que recentemente foi desligada do UFC.

Aos 25 anos, Rosa, hoje, soma 16 apresentações como profissional no MMA. A brasileira tem 13 vitórias e três reveses em seu cartel.

Mais velha, mas com menos lutas no esporte, Eubanks, de 35, soma nove combates, com cinco triunfos e quatro derrotas.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments