Anthony Smith mostra animação para luta contra Aleksandar Rakic: ‘Preciso de adversários como ele’

Número cinco do peso meio-pesado, norte-americano deseja se recuperar da pesada derrota sofrida para Glover Teixeira

A. Smith quer apagar má impressão deixada contra G. Teixeira. Foto: Reprodução/Instagram @lionheartasmith

Após sofrer uma das derrotas mais pesadas de sua carreira diante de Glover Teixeira, Anthony Smith está de volta. O atleta fará a luta principal do UFC Las Vegas 8, que será realizado nesse sábado (29), nos EUA, contra Aleksandar Rakic e o duelo é importante para o peso meio-pesado (93kg), pois mexe com o topo da divisão. Ao site norte-americano MMA Junkie, o número cinco do mundo confessou que ficou surpreso com a escolha do adversário, mas está animado e o elogiou.

Veja Também

Ex-lutador do UFC é preso nos Estados Unidos
Israel Adesanya cita USADA e ataca Paulo ‘Borrachinha’ de forma pesada
Diego Sanchez revela que luta contra Jake Matthews pode ser a última de sua carreira
Volkanovski responde Patrício ‘Pitbull’ e pede que Dana promova superluta: ‘Dinheiro fácil’
Charles do Bronx se irrita e critica atletas do top 5 dos leves: ‘Só lutam entre eles’

“Não esperava enfrentar Rakic e sim Corey, mas ele assinou com o Bellator e, provavelmente, por isso não lutamos. Ele não estava aceitando brigas. Quando o UFC me ofereceu Rakic, aceitei. Gosto dessa luta e do estilo dele, porque me favorece. Ele é um lutador de um truque único. Sei no que estou me metendo e o fator perigo é muito alto. Preciso desse adversário que me tire o sono, que me mantenha afiado. Não há como ser preguiçoso contra ele. Contra Glover, estive assim e vimos o que aconteceu. Não posso fazer isso contra um atleta tão explosivo e poderoso quanto Rakic. Foi mais fácil ficar animado para essa luta do que seria contra Corey”, disse Smith.

No entanto, ‘Lionheart’ acredita que a última luta de Rakic, na qual foi derrotado por Volkan Oezdemir, mostrou qual é o limite do austríaco na categoria.

“A luta contra Oezdemir mostrou que Rakic é resistente, mas, uma vez que Oezdemir resistiu à tempestade, Rakic não ​​avançou como, normalmente, faz. Ele não conseguiu intimidar, como fez contra todos. Acho que isso é um pouco do indicativo de onde se encontra seu nível de habilidade”, finalizou.

Essa será a segunda vez que Anthony Smith sobe ao octógono em 2020. O norte-americano enfrentou Glover Teixeira em maio, quando foi nocauteado pelo brasileiro no quinto round, em uma luta que ficou marcada pela sua valentia e resistência.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments