Joanna Jedrzejczyk nega aposentadoria e mantém sonho de ser campeã do UFC

Após ser derrotada em uma das melhores lutas de 2020, ex-número um do peso palha promete impressionar em sua próxima aparição

J. Jędrzejczyk em vitória pelo UFC. Foto: Reprodução/Facebook Joanna Jędrzejczyk

O MMA feminino ficou perto de perder um de seus maiores nomes da história. Após ser derrotada por Zhang Weili, no UFC 248, em maio, em batalha que deve concorrer ao prêmio de melhor luta de 2020, Joanna Jedrzejczyk mostrou desencantamento com o resultado e cogitou se aposentar. No entanto, a polonesa parece ter mudado de ideia. Ao jornal South China Morning Post, a ex-campeã do peso palha (52,2kg) informou que seu amor pelo esporte segue o mesmo e que não irá desistir de voltar ao posto de número um da categoria.

Veja Também

Liberdade condicional de ex-UFC por abuso sexual contra menores gera revolta em Dan Hardy
Vitor Belfort compara Paulo ‘Borrachinha’ x Israel Adesanya a sua luta contra Anderson Silva
Brian Ortega não se arrepende de agredir amigo de Zumbi Coreano e espera uma carnificina
Valentina Shevchenko elogia Jennifer Maia e espera enfrentar a melhor versão da brasileira
Augusto Sakai projeta grande vitória sobre Overeem para chegar ao cinturão: ‘É meu foco agora’

“Continuarei lutando. Não consigo parar. Amo isso! Não importa se continuo ganhando, perdendo, lutando pelo título ou não, eu, simplesmente, amo isso. Meu objetivo é ser campeã de novo. Quero estar em grandes lutas e divertir os fãs. Sei qual é o meu valor e ele é alto. Quero que as pessoas vejam que não podemos desistir, que devemos lutar por nossos objetivos e sonhos”, disse Joanna.

Animada, Joanna falou a respeito de seu futuro e prometeu uma atuação dominante, quando subir no octógono novamente e se colocou junto dos demais grandes nomes do MMA feminino.

“Perdi minha última luta, mas sinto que vou brilhar na próxima. Meu último camp foi muito bom, mas estarei ainda melhor e mal posso esperar. Estou animada! Haverá muita dor, lágrimas, sangue e sacrifício, mas vale a pena passar por isso para lutar pelo cinturão do UFC. Quero estar no hall da fama do UFC. Eu, Ronda, Amanda e Cyborg temos muitas conquistas no MMA e sempre seremos lembradas”

Mesmo sendo uma das lutadoras mais importantes da história do MMA feminino, Joanna Jedrzejczyk vive um momento delicado. A ex-campeã do peso palha perdeu duas das últimas três lutas, diante de Zhang Weili, Valentina Shevchenko e Rose Namajunas.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments