Michel Pereira profetiza espetáculo para os fãs do UFC neste sábado: ‘Performance e nocaute da noite’

Brasileiro espera dar show para os espectadores no seu confronto contra Zelim Imadaev e reafirma sonho de ser campeão do Ultimate

M. Pereira será um dos representantes brasileiros no UFC Las Vegas 9. Foto: Reprodução/Instagram

Conhecido pelo estilo arrojado com que costuma conduzir seus desafios, Michel Pereira está mais do que pronto para seu confronto contra Zelim Imadaev. Neste sábado (5), o ‘Paraense Voador’ retorna ao octógono e espera encerrar uma série de duas derrotas com uma performance imponente sobre o russo. Em entrevista exclusiva ao SUPER LUTAS, o meio-médio falou sobre a expectativa para o compromisso e planos para o futuro.

Veja Também

Alistair Overeem afirma ser melhor do que Augusto Sakai em todas as áreas e promete vencer até o segundo round
Augusto Sakai projeta grande vitória sobre Overeem para chegar ao cinturão: ‘É meu foco agora’
Karol Rosa passa mal e deixa luta deste sábado contra Sijara Eubanks
Cody Garbrandt testa positivo para Covid-19, mas é mantido em disputa de cinturão contra Deiveson Figueiredo
Liberdade condicional de ex-UFC por abuso sexual contra menores gera revolta em Dan Hardy

Com estreia marcante na organização, em maio do ano passado, Michel chamou a atenção do público brasileiro com o duro nocaute aplicado sobre o experiente Danny Roberts. Na sequência, o brasileiro perdeu as duas próximas lutas (a última, em fevereiro, em resultado polêmico, contra Diego Sanchez) e, agora, pretende provar que está de volta à sua melhor forma.

Combate contra Imadaev

Sem se sentir pressionado, Pereira afirma que não costuma assistir lutas passadas de seus adversários nas suas preparações. O brasileiro, no entanto, sabe que seu estilo de luta pode garantir um resultado positivo, independente do rival.

“Eu não sou muito fã de ficar assistindo lutas dos meus adversários. Eu treino para lutar com qualquer um, então, pode aparecer um cara do wrestling, do boxe, do muay thai, do jiu-jistu, que eu vou estar pronto para ele. Olhei um pouquinho, sim, para ver o estilo, o jeito, mas, nada de mais”, afirmou.

Promessa de grande luta

O fato de não ter acompanhado profundamente o jogo de seu próximo adversário não anula o fato de que Pereira está focado em deixar o octógono com um triunfo. Sem focar em uma estratégia específica, o ‘Paraense Voador’ quer levar o confronto de acordo com a proposta do oponente.

“Eu sou um cara que dança conforme a música toca. Se ele quiser lutar em pé, vamos lutar em pé. Se quiser lutar no chão, vamos para o chão. Onde ele quiser, estou preparado. Vai ser um grande combate. Tenho certeza disso, porque ele é um cara bom, versátil. Então, os fãs têm muito a ganhar assistindo essa luta, porque vai ser um grande show. Eu estou preparado, ele também está. A gente vai dar um grande show para o público do UFC e do mundo”, cravou.

Desfecho ideal

Na última luta de seu contrato atual com o UFC, Michel sabe que precisa convencer para renovar com a organização. No que depender do brasileiro, porém, isso não será problema. O paraense garante o foco na vitória e quer ainda mais.

“Performance e nocaute da noite. Estou muito bem preparado. Quero dar um show e nocautear ele. Me aguardem e anotem: creio que vou ganhar dois bônus essa noite”, finalizou.

Com apenas 26 anos, Michel se destaca pela experiência no MMA. Até o momento, são 36 apresentações, com 23 vitórias, 11 derrotas e duas lutas sem resultado.

Imadaev, de 25, vai para sua 11ª apresentação. O russo soma oito triunfos e dois reveses.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments