Henry Cejudo implora por chance de enfrentar Alexander Volkanovski: ‘Dana White, me autorize’

Aposentado desde maio, norte-americano volta a insistir no desejo de disputar o cinturão na terceira categoria diferente

H. Cejudo volta a pedir luta contra A. Volkanovski. Foto: Reprodução/Twitter @HenryCejudo

Não é exagero. Henry Cejudo literalmente implorou a Dana White pare que o ‘chefão’ do UFC promova uma luta entre o norte-americano e o campeão dos penas (até 65,7kg.), Alexander Volkanovski. Em suas redes sociais, o ‘Triplo C’ fez o pedido, mantendo o sonho do feito inédito de se sagrar campeão em três categorias diferentes.

Veja Também

Após sete anos, Lyoto Machida se reencontra com Phil Davis, mas nega sentimento de vingança
Após bater Sakai, Alistair Overeem mira revanche contra Rozenstruik: ‘Temos contas a acertar’
Promessa do UFC, Khamzat Chimaev provoca Demian Maia e irmãos Diaz: ‘Dinheiro fácil’
Bellator define adversária de Cris Cyborg para a primeira defesa de cinturão da brasileira
Com possível retorno de Nick Diaz, Conor McGregor desafia o veterano e o irmão, Nate: ‘Enfileire eles’

“Querido Dana White, eu imploro que você me autorize a me apresentar para o mundo como ‘Quadruplo Campeão”, escreveu o norte-americano em sua conta no ‘Twitter’.

Cejudo começou a fazer história no Ultimate em 2018, quando chocou o mundo e encerrou a hegemonia de Demetrious Johnson na divisão dos moscas (até 56,7kg.). Depois de conquistar o posto de líder, o atleta subiu de categoria, em junho do ano passado, conquistou o cinturão vago dos galos (até 61,2kg.) no duelo contra Marlon Moraes.

Além dos dois títulos no Ultimate, Henry ostenta uma medalha de ouro olímpica, conquistada em Pequim em 2008. Por isso, o combatente se intitula como ‘Triplo C’, ou ‘Triplo Campeão’.

Em sua última apresentação, Henry voltou a se destacar ao defender o cinturão dos galos contra um dos maiores nomes da história da categoria, Dominick Cruz. No confronto, o atleta surpreendeu o veterano e venceu por nocaute no segundo round. Após o duelo no UFC 249, Cejudo anunciou a aposentadoria, mas sempre deixou claro que voltaria, caso fosse escalado para enfrentar Alexander Volkanovski pelo cinturão dos penas.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments