Promessa do UFC, Khamzat Chimaev provoca Demian Maia e irmãos Diaz: ‘Dinheiro fácil’

Sueco, invicto no MMA, mostra confiança diante de veteranos e promete vencê-los rapidamente

K. Chimaev desafia veteranos do MMA. Foto: Reprodução/Instagram

O hype em torno de Khamzat Chimaev não para de crescer. Se na primeira temporada da ‘Ilha da Luta’, o sueco roubou a cena, atuando duas vezes em dez dias, agora, que conseguiu o visto para lutar nos Estados Unidos, a tendência é que seja ainda mais comentado.

O atleta, que tem compromisso marcado diante de Gerald Meerschaert, no dia 19 de setembro, em Las Vegas, também foi reservado para enfrentar Demian Maia, em Abu Dhabi, em outubro, e quer mais. Em seu Twitter, o sueco aproveitou o fato de Nick Diaz cogitar voltar ao MMA para desafiar os irmãos bad boys e não tem dúvida de que venceria.

Veja Também

Após sete anos, Lyoto Machida se reencontra com Phil Davis, mas nega sentimento de vingança
Após bater Sakai, Alistair Overeem mira revanche contra Rozenstruik: ‘Temos contas a acertar’
Kamaru Usman analisa duelo entre Colby Covington e Tyron Woodley: ‘Adoro essa luta’
Thomas Almeida promete ser um lutador diferente em seu retorno: ‘Meu foco é ser completo’
Lutadores desafiam Nick Diaz, que ainda não oficializou retorno ao MMA

“Inshallah. Se eu derrotar meu próximo adversário, por favor, Dana White, posso lutar contra Demian Maia, Nate e Nick Diaz na mesma noite ou toda semana. É o dinheiro mais fácil no peso meio-médio”, postou Khamzat.

Khamzat Chimaev, de 26 anos, está invicto no esporte e suas oito vitórias foram todas pela via rápida, sendo cinco por nocaute e três por finalização. ‘Borz’ estreou no UFC no dia 15 de julho, quando brilhou diante de John Phillips, e, no dia 25, voltou ao octógono diante de Rhys McKee e impressionou ainda mais ao nocautear no primeiro round sem receber um golpe sequer. Essa fome de luta torna Chimaev, que alterna lutas entre o peso meio-médio (77,6kg) e médio (83,9kg), no principal candidato ao prêmio de revelação do ano no Oscar do MMA.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments