Thiago Marreta pede luta contra Israel Adesanya e promete: ‘Farei melhor que Borrachinha’

Brasileiro confessou que apostava na vitória do campeão do peso médio do UFC e revelou que essa luta poderia ter acontecido antes

T. Marreta desafia I. Adesanya. Foto: Reprodução/Instagram

Se Israel Adesanya já era um dos lutadores de MMA mais conhecidos da atualidade, a grande vitória sobre Paulo Borrachinha, no UFC 253, também o tornou muito popular no Brasil. No mesmo dia do importante triunfo sobre o rival, Thiago Marreta parabenizou o campeão do peso médio (83,9kg) da organização e segue enaltecendo a qualidade do nigeriano. Contudo, ao mesmo tempo que é fã, o brasileiro também o enxerga como um adversário de valor.

Ao site norte-americano MMA Junkie, Marreta, novamente, expressou o desejo de enfrentar ‘The Last Stylebender’, revelou que o combate quase aconteceu e, caso seja realizado no futuro, prometeu uma atuação melhor que a do compatriota.

Veja Também

Com luta marcada, Thiago Marreta desafia Jan Blachowicz e Israel Adesanya
Após acusar Borrachinha de doping, Adesanya se defende da mesma suspeita: ‘Não preciso disso’
Blachowicz se diz aberto a superluta contra Adesanya: ‘Só me dê duas semanas de descanso’
Mayweather pede mais de R$1,5 bi para enfrentar McGregor ou Khabib; veja o que se pode comprar com a fortuna

“Tenho muito a fazer nos meio-pesados, mas, no futuro, quero lutar contra Adesanya. Ele é um grande lutador e deveríamos ter lutado antes. Infelizmente, não aconteceu, mas espero que aconteça. Será uma grande luta! Adesanya é muito bom. Eu disse aos meus amigos que Adesanya venceria. Também tenho certeza de que posso fazer melhor do que Borrachinha, porque não vou deixá-lo chutar minha perna e sei como chutar de volta. Será diferente”, disse Marreta.

O brasileiro explicou que, para a luta acontecer, o ideal é que seja em um peso combinado.

“Uma luta em peso casado seria perfeito. Posso lutar nos médios de novo, mas é difícil alcançar 84 kg. Eu precisaria de muito tempo, porque estou acostumado nos meio-pesados, com 93kg”, finalizou.

Vale lembrar que, antes dessa luta acontecer, Thiago Marreta tem alguns compromissos em sua agenda. O brasileiro lutará contra Glover Teixeira, no dia 7 de novembro, e, caso vença o compatriota, Dana White, presidente do UFC, já confirmou que o carioca será o próximo desafiante ao cinturão do peso meio-pesado (93kg), cujo dono é Jan Blachowicz.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments