Daniel Cormier critica a polêmica ‘sarrada’ de Israel Adesanya em Paulo Borrachinha: ‘Me deixou mal’

Ex-campeão do peso meio-pesado e pesado do UFC pediu para o número um dos médios encerrar seus ataques sobre o rival e focar no futuro

D. Cormier critica postura de I. Adesanya. Foto: Reprodução/Instagram @dc_mma

Parece que é impossível esquecer o UFC 253 e seus desdobramentos. O motivo em si não é nem a grande atuação de Israel Adesanya diante de Paulo Borrachinha e sim a polêmica ‘sarrada’ do mesmo sobre o rival. Se o gesto foi bastante discutido entre os fãs de MMA, também gera comentários entre os próprios lutadores e membros da imprensa. Daniel Cormier foi o nome mais recente a dar seu parecer sobre o episódio.

Em uma coletiva de imprensa da organização, realizada em Abu Dhabi, o ex-lutador e atual comentarista da ESPN americana condenou a postura do campeão do peso médio (83,9kg), mas não ficou surpreso, porque sabe que o nigeriano gosta de ‘causar’. ‘DC’ foi além e confessou que ficou incomodado com os contínuos ataques feitos por parte do vencedor.

Veja Também

Cormier admite que Gaethje é uma ameaça, mas acredita que Khabib vai se aposentar invicto
Daniel Cormier confessa fascínio por possível superluta entre Jon Jones e Israel Adesanya
Após criticar Jan Blachowicz, Daniel Cormier se rende ao novo campeão: ‘Inspiração para a nova geração’
Empolgado com sucesso de Khamzat Chimaev, Daniel Cormier cita adversário ideal e faz previsão ousada
Daniel Cormier diz que negociações para trabalhar na WWE estão avançadas: ‘Sempre amei a empresa’

“O gesto foi uma loucura! Nunca vi algo assim antes, mas Adesanya é isso. Ele quer marcar seu território. Não me surpreendo com nada que ele faz. Adesanya, deixe Paulo em paz! Você continua mexendo com o cara, mas ele está morto! Chega! Adesanya continua provocando, quando Paulo já está caído. Atualmente, esses lutadores são diferentes. Geralmente, quando um lutador vence, segue em frente, mas Adesanya está mexendo tanto com Paulo, que me faz sentir mal. Quando Paulo respondeu, ficou ainda pior. Parem!”, disse Cormier.

Se Cormier defendeu o brasileiro quanto aos ataques feitos pelo rival, também não concorda com seu pedido para lutar pelo cinturão dos médios novamente.

“O que Adesanya fez com Paulo foi o mais desrespeitoso possível. É por isso que peço para deixá-lo em paz. Acabou! Ele não pode fazer mais nada. Isso me deixou mal, porque ele não merece sofrer tantos ataques. Foi horrível! Adesanya deixou Paulo delirando! Gosto dele, mas não faz sentido dizer para Adesanya assinar o contrato. Que contrato? Não tem contrato, Paulo! Vá lutar contra alguém e apenas aceite”, finalizou.

Ao brilhar no UFC 253, Israel Adesanya já confessou estar de olho no vencedor da luta entre Robert Whittaker e Jared Cannonier, que acontecerá na edição de número 254. Contudo, a rivalidade com Jon Jones segue crescendo e faz com que o ex-campeão do peso meio-pesado (93kg) lidere a corrida para ser o próximo adversário do número um dos médios.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments