Desafiado por Paulo Borrachinha, Whittaker recusa enfrentar brasileiro: 'A única luta lógica é Adesanya' | SUPER LUTAS

Desafiado por Paulo Borrachinha, Whittaker recusa enfrentar brasileiro: ‘A única luta lógica é Adesanya’

Ex-campeão dos médios deseja acertar as contas com o nigeriano, que tomou seu cinturão, e não acha justo o brasileiro voltar a ter destaque

R. Whittaker recusa luta contra P. Borracinha. Foto: Reprodução/Instagram

A situação do peso médio (83,9kg) ficou um tanto quanto estranha. Após Dana White revelar que o campeão da categoria, Israel Adesanya, vai subir para os meio-pesados (93kg) para realizar uma superluta contra o número um, Jan Blachowicz, ainda não se sabe quem lutará pelo cinturão. Paulo Borrachinha se colocou à disposição e até desafiou Robert Whittaker de forma respeitosa, porém o ex-campeão tem outros planos.

Em entrevista ao site norte-americano MMA Junkie, Whittaker negou interesse em enfrentar o atleta brasileiro, porque ele acabou de lutar pelo cinturão e explicou que fez o que era preciso para ter uma nova chance contra Adesanya.

Veja Também

“A única luta lógica para mim é Adesanya. Seguirei como número um no ranking (atrás do campeão) e Paulo acabou de perder para Adesanya. A revanche é, realmente, a única luta que me interessa no momento. Agora, é muito difícil, para mim, estar interessado em qualquer outra”, disse Whittaker.

Depois que perdeu o cinturão do peso médio, ao ser nocauteado por Israel Adesanya, em 2019, Robert Whittaker retornou com tudo. O neozelandês realizou duas lutas em 2020 e venceu Darren Till e Jared Cannonier, ambas na ‘Ilha da Luta’, em Abu Dhabi. Atualmente, o ex-campeão, de 29 anos, se encontra na primeira posição do ranking da categoria.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments