Ainda sem estrear no UFC, Chandler cita Ferguson e Gaethje como adversários ideais: ‘Seria explosivo’

Ícone do Bellator não pretende fazer exigências, mas sabe do valor que possui e gostaria de enfrentar atletas importantes do peso leve

M. Chandler gostaria de estrear no UFC contra um top-5 do peso leve. Foto: Reprodução/Instagram

A contratação de Michael Chandler pelo UFC foi comemorada por boa parte da comunidade do MMA, porém sua estreia na organização ainda é um mistério. O ícone do Bellator foi escalado para ser o reserva imediato da luta entre Khabib Nurmagomedov e Justin Gaethje, válida pelo UFC 254, mas, como a dupla não teve problemas, sua situação segue indefinida. Sabendo do peso que tem seu nome, ‘Iron’ gostaria de realizar seu primeiro combate contra um top-5 do peso leve (70,3g).

Ao participar do podcast UFC Unfiltered, Chandler citou Tony Ferguson e Justin Gaethje como adversários ideais e explicou a razão para gostar tanto da ideia de enfrentá-los, algo que muitos atletas preferem evitar.

Veja Também

Glover Teixeira ignora superluta entre Blachowicz e Adesanya e foca em Thiago Marreta: ‘A torcida vai ficar dividida’
Whittaker desmente Dana White quanto a recusar revanche contra Adesanya: ‘Não entendeu o que eu disse’
Empolgado com superluta, Adesanya elogia Blachowicz: ‘É um lutador sólido, estranho e poderoso’
Cormier acha difícil, mas não descarta retorno de Khabib ao MMA: ‘Não vou julgar’

“Ferguson e Gaethje são os dois dos atletas que eu quero lutar. Acho que seriam grandes lutas para os fãs do UFC conhecerem Michael Chandler. Eles são muito bons! A melhor maneira de me vencer é fugindo, tentando evitar a minha pressão, mas Ferguson e Gaethje fazem o contrário. Eles vão ao meu encontro e será uma explosão! Qualquer um deles será uma ótima luta”, disse Chandler.

Apesar do status que possui, Chandler sabe que não se compara ao poder midiático de Conor McGregor e não acha justo chegar ao UFC, impondo condições. Pelo contrário, ‘Iron’ deseja provar seu valor na nova casa.

“Tenho muitas lutas e vitórias no Bellator e meu currículo pesa, mas não acho que tenho o direito de exigir uma luta contra algum dos top-5. A função do UFC é tomar decisões. Sinceramente, estou na mesma divisão do maior nome dos esportes de combate, o lutador mais polarizador e seu nome é McGregor. Se ele quiser lutar pelo cinturão interino, é provável que consiga e não culpo o UFC por isso. Sou o atleta que acabou de chegar e estou abaixo dos outros nomes na hierarquia. Só quero estrear e merecer grandes lutas”, finalizou.

Aos 34 anos, Michael Chandler encerrou uma bonita história de dez anos no Bellator para realizar o sonho de ser campeão do peso leve do UFC. Vale lembrar que esse sempre foi um dos grandes desejos dos fãs, já que o lutador era um dos mais populares fora da organização de Dana White.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments