Borrachinha revela que pode enfrentar Whittaker pelo cinturão interino dos médios

Brasileiro afirma que cinturão deve ser criado após possível subida de Israel Adesanya aos meio-pesados; recentemente, o australiano rejeitou o confronto contra o mineiro

P. Borrachinha (esq.) afirma que está próximo de ter luta confirmada com R. Whittaker (dir.). Foto: Montagem SUPER LUTAS

Último desafiante ao cinturão no peso médio (até 83,9kg.), Paulo Borrachinha está perto de ter sua nova luta confirmada. Segundo o mineiro, sua equipe e o UFC estão em negociações avançadas para um confronto contra o ex-campeão da categoria, Robert Whittaker. O brasileiro confirmou a informação em seu canal no ‘YouTube‘ e revelou a possibilidade da criação do título interino.

Veja Também

Empolgado com superluta, Adesanya elogia Blachowicz: ‘É um lutador sólido, estranho e poderoso’
Whittaker desmente Dana White quanto a recusar revanche contra Adesanya: ‘Não entendeu o que eu disse’
Desafiado por Paulo Borrachinha, Whittaker recusa enfrentar brasileiro: ‘A única luta lógica é Adesanya’

“Eu poderia lutar em qualquer momento, a partir de dezembro. Depende contra quem. Quero lutar contra o Whittaker, e essa luta está muito perto de acontecer, muito perto. (…) Está muito bem encaminhada. Vai acontecer”, afirmou o brasileiro.

Confirmando sua posição, Paulo ainda revelou que chegou a conversar com o presidente da empresa, Dana White, sobre a possibilidade de trocar forças contra o australiano. Segundo o mineiro, o ‘chefão’ aprova a ideia.

“Já falei com o Dana, que falou que adoraria ver essa luta. (…) Nos próximos dias, vamos marcar essa luta. Adesanya vai lutar contra o campeão do meio-pesado (até 93kg.), o Jan Blachowicz. Título vai ficar vago, vão colocar o interino”, contou o atleta.

Na busca incansável para recuperar o caminho das vitórias e retomar a condição de desafiante ao cinturão linear, Borrachinha explicou o motivo de querer Robert como seu próximo oponente.

“Meu objetivo não é quem perdeu, é o Whittaker. É básico, é simples. É uma competição, um campeonato, o número um contra o dois. Eu concordo, até acho que se o Adesanya não fosse subir de categoria, até concordo que ele (Whittaker) mereceria a chance de lutar (pelo título). Aí, sim, poderia fazer uma eliminatória. Mas, como Adesanya vai subir de categoria, teria que fazer um interino. ‘Borrachinha x Whittaker”, encerrou.

A fala de Paulo vai em desencontro com o desejo do ex-líder do grupo. Recentemente, o australiano rejeitou o confronto contra o mineiro.

Whittaker se apresentou recentemente e confirmou sua boa fase. Campeão da divisão entre 2017 e 2019, em seu último compromisso, o australiano dominou Jared Cannonier e se consolidou na primeira posição no ranking.

Recentemente, Dana White confirmou que Adesanya, de fato, deve subir para os meio-pesados para uma superluta contra Jan Blachowicz pelo cinturão linear da categoria.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments