Stephen Thompson revela motivo do UFC acelerar o desenvolvimento de Khamzat Chimaev

Ex-desafiante dos meio-médios acredita que a organização precisa se fortalecer em alguns países e viu no sueco a oportunidade ideal para consolidar sua marca e o lutador

S. Thompson explica o hype em torno de K. Chimaev. Foto: Reprodução/Instagram @wonderboymma

A ascensão meteórica de Khamzat Chimaev em 2020 surpreendeu a comunidade do MMA e fez o UFC explorar o hype em cima do lutador. Apesar das brilhantes atuações, muitos fãs ainda não estão convencidos de que ‘Borz’ seja uma ameaça aos tops e condenam a tentativa da organização de emplacar a promessa de qualquer jeito. Stephen Thompson comentou a respeito desse apreço que Dana White tem pelo sueco.

Em entrevista ao site norte-americano Submission Radio, Thompson explicou o motivo do hype em torno de Chimaev e comparou o sueco a Darren Till, pois certos países são importantes para o UFC expandir a sua marca e precisam ter um representante forte.

Veja Também

Werdum explica a razão para assinar com a PFL e manda recado aos demais pesados: ‘Quero o cinturão’
Com 108kg, Jon Jones exibe grande evolução física e se aproxima de estreia nos pesados
Apesar da rivalidade, Patrício Pitbull acredita que Michael Chandler pode ser campeão do UFC: ‘Tem muita qualidade’
Na ‘última corrida’ entre os leves, Donald Cerrone narra planos antes do fim da carreira

“O ranking está se tornando algo inexistente. Percebi isso. Antes, me perguntava ‘por que o UFC está dando tanto destaque a Chimaev?’. É porque Khabib se aposentou. Isso aconteceu com Till também. Quando Bisping se aposentou, o UFC precisava de um lutador popular no país para continuar tendo importância no local e manter os fãs envolvidos. Till foi o lutador certo! É isso que acontece com Chimaev. O UFC sabia que Khabib ia se aposentar, precisava de alguém daquele mercado e Chimaev está trabalhando”, disse Thompson.

Apesar de ser sueco, Khamzat Chimaev nasceu na Chechênia, território russo, por isso Stephen Thomson o ligou a Khabib Nurmagomedov. Também vale lembrar que a luta contra Chimaev chegou a ser oferecida para o norte-americano, porém este recusou. O ex-desafiante do peso meio-médio (77,6kg) justificou a negativa, citando a posição de ambos no ranking, pois não teria nada a ganhar e muito a perder. Atualmente, ‘Wonderboy’ é o quinto colocado, enquanto o sueco se encontra na 15ª posição, mas, quando o duelo foi cogitado, não estava ranqueado.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments