Raphael Bebezão falha em antidoping e recebe suspensão de um ano pela USADA | SUPER LUTAS

Raphael Bebezão falha em antidoping e recebe suspensão de um ano pela USADA

Brasileiro testou positivo para a substância hidroclorotiazida em exame realizado fora de competição e só pode voltar a lutar em março

R. Bebezão é flagrado em exame realizado fora de competição pela USADA. Foto: Reprodução/Instagram

O ano de 2020 não foi bom para Raphael Bebezão. Além de ser derrotado na única luta que disputou pelo UFC, o período também causou uma mancha em sua carreira. O peso pesado (120,2kg) foi reprovado em um exame antidoping fora de competição programado pela USADA, já que atuou contra Tanner Boser em julho e o teste realizado no dia 4 de março. Nesse caso, a suspensão aplicada pelo órgão foi de um ano e o brasileiro acatou a decisão.

Veja Também

De acordo com as informações divulgadas pela própria USADA, Raphael testou positivo para hidroclorotiazida. A substância é um diurético, que aumenta a produção de urina e pode diluir os agentes dopantes normalmente encontrados em um teste antidoping.

Apesar do teste ter sido realizado em março, a pandemia de COVID-19 impediu o laboratório de entregar o resultado no prazo e o atraso foi tão grande, que a luta contra Boser foi realizada mesmo assim. Normalmente, quando um atleta falha em exames como esse, logo é impedido de atuar.

Em entrevista ao site norte-americano MMA Fighting, o brasileiro explicou que adoeceu em março e que tomou um medicamento prescrito por um médico para tratar de uma rinite crônica, mas não informou que é um lutador profissional e que não pode usar qualquer remédio.

Ao aceitar a punição de um ano imposta pela USADA, Raphael Bebezão só poderá voltar a lutar a partir do dia 4 de março de 2021. O lutador, de 31 anos, chegou invicto ao UFC, mas vem tendo trabalho para se firmar na organização, já que foi derrotado duas vezes nas três lutas que disputou.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments