VÍDEO: Charles do Bronx comemora vitória contra Ferguson e aposta em McGregor contra Poirier | SUPER LUTAS

VÍDEO: Charles do Bronx comemora vitória contra Ferguson e aposta em McGregor contra Poirier

Em entrevista ao SUPER LUTAS, Charles analisa atuação diante de Tony Ferguson no UFC 256 e analisa vantagem de McGregor na luta que pode definir seu rival


Vindo da vitória mais importante de sua carreira, diante de Tony Ferguson, no UFC 256, Charles do Bronx já mira no próximo passo. Perto da disputa pelo cinturão dos leves (até 70.3 kg.), o brasileiro espera pelo vencedor de Dustin Poirier x Conor McGregor, que se enfrentam no UFC 257, em janeiro.

Em entrevista ao canal do SUPER LUTAS, do Bronx contou que estará na primeira fileira das cadeiras da Flash Forum Arena, na Ilha da Luta, em Abu Dhabi, para assistir de perto quem poderá ser seu próximo adversário.

Veja Também

“Como o próprio Dana White disse: ‘A categoria está bem bagunçada’ (com o campeão Khabib Nurmagomedov anunciando sua aposentadoria em outubro). Na minha cabeça, não tem outra linha para ser tomada. Na luta ‘Charles Oliveira x Tony Ferguson’ eu passei e agora estou sentado na primeira fila esperando quem vai sair de ‘Conor McGregor x Dustin Poirier’ para lutarmos pelo cinturão”, afirmou o brasileiro, que garante não ter preferencia sobre qual seria o melhor adversário.

“Eu quero só estar sentado esperando. São dois grandes nomes do MMA. Então contra qualquer um dos dois será uma grande guerra”, completou.

Charles do Bronx aposta em McGregor

Apesar de não ter preferência sobre qual adversário deseja enfrentar, Charles contou que aposta na vitória de McGregor. Para o paulista, o encaixe de jogo do irlandês na luta em pé se sobressai sobre todos os rivais da categoria.

“Eu acho que será uma grande luta. São dois grandes nomes, dois caras gigantes. Mas todo cara que lutou com McGregor e veio da parte do striking (luta em pé), ele sobressai. Tem uma cabeça muito boa e entra na mente, assim como foi na primeira luta entre eles. (…) Então eu acho que o Conor vence”, cravou.

Quando volta ao octógono?

Animado com a possível chance de lutar pelo cinturão, Charles do Bronx revelou que gostaria de lutar ainda no início de 2021, mas aposta que a eventual disputa de título acontecerá apenas no segundo trimestre do ano.

“Eu prefiro que seja antes do meio do ano (luta pelo cinturão). Mas se colocarmos na ponta do lápis, a luta deles será em janeiro. Poirier já revelou que não gosta de fazer uma (luta) em cima da outra. Então com certeza vai querer lutar assim! Já o Conor tem um duelo de boxe marcado. Então estou colocando para o meio de 2021. Mas fevereiro ou março seria perfeito”, concluiu.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments