Após vitória no UFC Ilha da Luta 8, Michael Chiesa explica desafio feito a Colby Covington | SUPER LUTAS

Após vitória no UFC Ilha da Luta 8, Michael Chiesa explica desafio feito a Colby Covington

Norte-americano afirma que ‘bad-boy’ é o confronto mais duro que se pode fazer; atleta derrotou Neil Magny por pontos no confronto principal

M. Chiesa em coletiva pelo UFC. Foto: Reprodução/Instagram

Vivendo um grande momento nos meio-médios (até 77kg.), Michael Chiesa tem grandes planos para seu futuro na categoria. Depois dominar Neil Magny no confronto principal do UFC Ilha da Luta 8, realizado nesta quarta-feira (20), o norte-americano explicou o desafio feito a Colby Covington, ainda no octógono. Na coletiva após o espetáculo, o atleta falou sobre a proposta.

Veja Também

“Ele (Covington) é o confronto mais duro para mim. (…) Como eu posso querer ser o campeão se eu não enfrentar os adversários mais difíceis? Algumas vezes os rivais mais complicados são os que não combinam com seu estilo. No top 5, é a luta mais difícil para mim. Quero ser o melhor, então, tenho que enfrentar os melhores”, afirmou o atleta.

Embora esteja olhando para o topo da divisão, o desejo de Chiesa pode não ser prontamente considerado pelo Ultimate. Atual número um no ranking da divisão, Covington negocia um compromisso contra seu ex-amigo e antigo companheiro de treinos, Jorge Masvidal.

Atualmente, Michael figura na oitava posição no grupo liderado por Kamaru Usman. O atleta estreou na categoria em dezembro de 2018 e segue invicto em quatro compromissos. Além de Magny, Chiesa bateu Carlos Condit, Diego Sanchez e Rafael dos Anjos.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments