Confiante, Gilbert Durinho acredita que pode vencer Kamaru Usman em 'dois ou três rounds' | SUPER LUTAS

Confiante, Gilbert Durinho acredita que pode vencer Kamaru Usman em ‘dois ou três rounds’

Brasileiro também diz que está ‘afiando suas ferramentas’ para conquistar o cinturão dos meio-médios

G. Durinho (foto) será o próximo desafiante ao cinturão de K. Usman. Foto: Reprodução/Instagram @gilbert_burns

Gilbert Durinho está confiante de que será o novo campeão dos meio-médios (até 77kg.) do Ultimate e revelou seus planos para o confronto contra Kamaru Usman, no UFC 258. A luta será a atração principal do evento, que acontece no dia 13 de fevereiro. O brasileiro se diz pronto e fez previsões para o combate.

Veja Também

“Eu vejo um fim. Sou muito perigoso e tenho boas armas. Estou me certificando de que tudo está ficando mais nítido. Nas últimas duas semanas até o dia da luta, vou garantir que tudo esteja sob controle. O que eu puder controlar, controlarei. Vou afiar cada uma das ferramentas que tenho e acredito que serei aquele (lutador) que tirará o cinturão de Kamaru Usman no dia 13 de fevereiro. Não sei (quando), mas dentro das três ou quatro rounds acho que poderei para terminar”, disse Durinho, em entrevista ao ‘TMZ Sports’.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O brasileiro também destacou o nível de competitividade entre ele e Kamaru Usman, enquanto os dois treinavam juntos na ‘Blackzillians’. Ele ainda afirmou que, caso a luta repita aos antigos treinamentos, os fãs de MMA vão ficar ‘loucos’ com o duelo.

“Se a luta chegar perto de que eram nossos sparings, as pessoas ficarão loucas. Costumávamos ir um atrás do outro e temos uma competitividade de alto nível. Eu quero vencer Kamaru (Usman) e ele quer me vencer. O melhor lutador vai sair com o cinturão”, finalizou.

Gilbert Durinho conseguiu a chance de desafiar seu antigo companheiro de treinos após uma sequência de seis vitórias seguidas. Atualmente, o brasileiro ocupa o primeiro lugar no ranking da divisão, atrás apenas do seu oponente. Já Kamaru Usman é campeão desde 2019, quando venceu Tyron Woodley. Desde então, já defendeu seu cinturão em duas oportunidades, contra Colby Covington e Jorge Masvidal.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments