Irritado, rival ofende Johnny Walker após brasileiro deixar luta no UFC 260 | SUPER LUTAS

Irritado, rival ofende Johnny Walker após brasileiro deixar luta no UFC 260

Jimmy Crute não perdoou o combatente de Belford Roxo, fora de ação por lesão no músculo peitoral; meio-pesado foi substituído por Anthony Smith

J. Crute (dir.) disparou contra J. Walker (esq.) nas redes sociais. Foto: Montagem SUPER LUTAS

Fora do UFC 260, que acontece em 27 de março, por uma lesão no músculo peitoral, Johnny Walker não escapou ileso das críticas de Jimmy Crute. O atleta, que enfrentaria o brasileiro em uma das principais lutas da noite, não escondeu a decepção pelo corte do combatente de Belford Roxo (RJ). Em sua conta no Instagram, o australiano disparou contra a promessa dos meio-pesados (até 93kg.).

Veja Também

“Um homem sábio, chamado de Daniel Kelly, uma vez me disse: ‘Em um esporte, teoricamente cheio de caras durões, você ficaria surpreso o quanto de maricas existem’. Sábias palavras. Desapontado que meu oponente tenha escapado mais uma vez. Não posso dizer que estou surpreso”, escreveu Crute.

Jimmy, no entanto, não teve sua participação no UFC 260 cancelada. Agora, o australiano terá pela frente o ex-desafiante ao cinturão da categoria, Anthony Smith. Ao contrário do tratamento com o brasileiro, o lutador se mostrou empolgado com seu novo oponente.

“Não posso expressão o quanto estou animado e grato por ter um lutador de verdade, que aceitou me enfrentar. É uma luta melhor, um nome melhor e um grande desafio. Estou pronto”, encerrou.

Atual número 12 no ranking liderado por Jan Blachowicz, Crute quer confirmar a boa fase no Ultimate. Em seu último compromisso, em outubro de 2020, o australiano atropelou Modestas Bukauskas com um nocaute no primeiro round. Até o momento, o atleta soma cinco lutas pelo UFC, com quatro vitórias e um revés.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments