Diego Sanchez deixa 'Luta da Despedida' e UFC procura novo adversário para Donald Cerrone | SUPER LUTAS

Diego Sanchez deixa ‘Luta da Despedida’ e UFC procura novo adversário para Donald Cerrone

Sem motivos revelados, veterano é retirado de evento que acontece em 8 de maio; Cowboy, até o momento, segue escalado

D. Cerrone (esq.) e D. Sanchez (dir.) se enfrentariam em 8 de maio. Foto: Montagem SUPER LUTAS

A poucos dias da luta que marcaria sua despedida do MMA, uma triste notícia para Diego Sanchez. Segundo informações do repórter Carlos Contreras Legaspi, o veterano, que enfrentaria Donald Cerrone no evento de 8 de maio, está fora do show. Os motivos que levaram a saída do norte-americano ainda não foram divulgados.

Veja Também

Ainda de acordo com o jornalista, o UFC procura um adversário para Cerrone. Assim, o ‘Cowboy’ segue escalado para o evento.

Perto do fim da carreira, Sanchez ganhou fama no MMA depois de se tornar o primeiro vencedor do reality ‘The Ultimate Fighter’, na divisão dos médios (até 83,9kg.), em 2005. Representando o UFC, Diego alternou bons e maus momentos, vivendo seu auge na organização em 2009, quando disputou o título dos leves (até 70,3kg.), perdendo para BJ Penn.

Hoje, com 39 anos, o veterano passa por um período instável. Nas últimas 10 lutas, venceu cinco e saiu derrotado no restante. Em sua última apresentação, em setembro de 2020, o atleta acabou batido por Jake Matthews. Após o novo revés, o norte-americano confirmou que se despediria do esporte no próximo desafio.

Escalado para o ‘adeus’ de Sanchez, Cerrone também passa por um momento complicado na carreira. Ex-desafiante ao cinturão dos leves, o ‘Cowboy’ amarga uma sequência de cinco lutas sem triunfos. Apesar de descartar, em um primeiro momento, a aposentadoria, o lutador de 38 anos subirá pressionado no octógono, correndo risco de integrar a temida lista de dispensa, caso seja vencido.

A queda do ‘Império Pitbull’ no Bellator e a prévia para o UFC 265

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments