Ex-lutador e comentarista do UFC, Dan Hardy critica 'nova geração' e pede respeito aos veteranos no MMA | SUPER LUTAS

Ex-lutador e comentarista do UFC, Dan Hardy critica ‘nova geração’ e pede respeito aos veteranos no MMA

Inglês diz que a motivação financeira está superando o prazer do esporte para os novos lutadores e revela que não gosta de vê-los enfrentando algumas das principais lendas do Ultimate

D. Hardy não luta desde 2012, mas deseja retornar ao esporte. Foto: Reprodução/Instagram

Além do aumento de público consumidor, a ascensão do MMA também envolve a evolução dos lutadores com o passar do tempo. Porém, nem todos aprovam as constantes mudanças no esporte. Um dos competidores mais populares da geração passada, Dan Hardy criticou a similaridade entre os atletas na atualidade.

Veja Também

Em entrevista ao site norte-americano ‘MMA Fighting’, o ex-lutador e comentarista do UFC destacou a ‘falta de amor’ dos competidores, que já entram no octógono visando os lucros que podem receber no esporte.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Todos parecem clones uns dos outros agora (…), como esses caras estão chegando agora, a ideia agora é: ‘Como posso me proteger, jogar o jogo e ganhar mais dinheiro?’. Você olha para trás, nos velhos tempos de Nick Diaz x Robbie Lawler e eles estavam lá por amor, pela honra disso, pelo privilégio de estar lá e mostrar do que você é capaz. Eu não sei, mas parece que estamos nos afastando um pouco disso agora”, afirmou Hardy.

Ainda sobre a nova geração, o inglês não concorda com os rumos dos veteranos no Ultimate. Ele diz que lutadores experienes não devem enfrentar jovens promessas, que podem usá-los como um ‘elevador’ para chegarem no topo de suas divisões. Hardy, inclusive, argumenta que também não faz bem para a nova geração enfrentar lendas do esporte.

“Eu só queria que houvesse algum tipo de cuidado por lutadores como (Donald) ‘Cowboy’ (Cerrone), Jim Miller, Clay Guida e Diego Sanchez, que eles ainda querem lutar. Ainda podemos celebrá-los no topo do esporte, e eles não precisam estar neste tanque de tubarões com todos esses jovens tentando manter a cabeça acima da água. (…) Os jovens chegando e vencendo essas lendas que costumavam admirar, não é bom para nenhuma das partes. Isso é outra coisa que acho que poderia ser mais bem tratada. Seria melhor para o esporte também”, finalizou o ex-lutador.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Apesar de estar aposentado do MMA desde 2012, Dan Hardy nunca deixou de estar perto do esporte. O inglês foi comentarista do Ultimate até março deste ano e ainda é possível vê-lo treinando, em publicações nas redes sociais. Popular entre os fãs norte-americanos, ele também não descarta retomar a carreira em superlutas de boxe no futuro.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments