Deiveson x Moreno AO VIVO no UFC 263 | SUPER LUTAS

Brandon Moreno dá show, finaliza Deiveson Figueiredo e conquista o cinturão dos moscas no UFC 263

Mexicano não toma conhecimento e brasileiro, domina confronto e se consagra como novo campeão do Ultimate na luta co-principal

B. Moreno (foto) superou D. Figueiredo e conquistou o título dos moscas no UFC 263. Foto: Reprodução/Instagram

Um verdadeiro show. Na luta co-principal do UFC 263, realizado neste sábado (12), em Glendale (EUA), Brandon Moreno não tomou conhecimento de Deiveson Figueiredo e encerrou o reinado do brasileiro nos moscas (até 56,7kg.) neste fim de semana. Após dominar o paraense por dois rounds, o mexicano se aproveitou da vantagem e bateu o tupiniquim com uma finalização no terceiro round, conquistando o cinturão da divisão.

Veja Também

A revanche entre Deiveson e Moreno era aguardada por parte dos fãs de MMA devido a um verdadeiro espetáculo protagonizado pelos atletas em dezembro da temporada passada. Após 25 minutos de movimentação, o primeiro confronto terminou em empate.

Seis meses depois, os moscas foram colocados frente a frente novamente. Famoso por sua agressividade, Deiveson esteve longe de repetir grandes atuações na organização e acabou sendo presa fácil dos golpes certeiros do adversário.

Com o revés, Figueiredo acaba sofrendo seu segundo resultado negativo na carreira – o primeiro por finalização. A derrota também encerra uma sequência invicta de seis lutas.

Representando o México, Moreno se consagrou após uma atuação sólida. Antes, número um no ranking, o atleta, agora, assume o topo absoluto da divisão após duas defesas de título do paraense.

A luta

O confronto começou Moreno tomando a inciativa com um jab na linha de cintura do brasileiro. O mexicano voltou a agredir o brasileiro com um chute baixo. Deiveson economizava nos golpes e tentava entrar no raio de ação do adversário. Brandon seguia mais agressivo com sequência de socos. O brasileiro caminhava para trás, mas não acusava os ataques do oponente. Moreno continuava ditando o ritmo do confronto, enquanto o paraense tentava encontrar o melhor momento para atacar. Figueredo seguia mais contido e não conseguia soltar seu jogo. Deiveson arriscou um soco, mas acabou surpreendido com um jab de esquerda do adversário. O campeão caiu, mas puxou o oponente para a guarda. A vantagem era do mexicano, que dominava o confronto. Por baixo, Figueiredo conseguiu raspar e ficou de pé. Nos segundos finais, Moreno chamou Deiveson para a luta, mas não havia mais tempo.

Na volta, Deiveson precisava se recuperar do prejuízo da primeira etapa e aceitou para a trocação franca. Após uma combinação de socos, o brasileiro conseguiu quedar o rival e passou a buscar o pescoço do adversário. Por cima, Figueiredo soltava cotoveladas nas costelas do oponente. Moreno se prendia ao paraense e tentava impedir os avanços do campeão. Brandon conseguiu explodir, se levantou e chegou às costas do brasileiro. Pressionando o paraense contra as grades, o mexicano aplicava joelhadas nas pernas. O desafiante conseguiu chegar às costas, mas Figueiredo conseguiu sair da posição. Com o adversário em posição de dominância, Deiveson tentava se proteger. O confronto seguia tenso para o campeão e Moreno golpeava de cima para baixo. Por baixo, Figueiredo conectou cotoveladas de baixo para cima e provocou um inchaço no olho esquerdo do rival. Nos segundos finais, Moreno seguiu por cima sem que o campeão pudesse ficar de pé.

A terceira etapa começou com Deiveson tomando a iniciativa com um chute alto, que parou na guarda do adversário. O campeão conectou um chute rodado que entrou limpo na linha de cintura do desafiante. Figueiredo arriscou um cruzado, mas o golpe passou raspando no rosto do oponente. Após um overhand, Brandon conseguiu uma queda e caiu chegando às costas do paraense. O mexicano encaixou o mata-leão, mas o campeão conseguiu se desvencilhar. A situação era complicada do paraense, que encontrava dificuldades para se proteger. Após golpear o brasileiro, Moreno conseguiu encaixar um novo estrangulamento. Sem chance, o brasileiro bateu em desistência.

Resultados do UFC 263

CARD PRINCIPAL 

Peso médio: Israel Adesanya derrotou Marvin Vettori na decisão unânime dos juízes (50-45, 50-45, 50-45) – Luta por cinturão

Peso mosca: Brandon Moreno finalizou Deiveson Figueiredo com um mata-leão a 2m26s do R3 – Luta por cinturão

Peso meio-médio: Leon Edwards derrotou Nate Diaz na decisão unânime dos juizes (49-46, 49-46, 49-46)

Peso meio-médio: Belal Muhammad derrotou Demian Maia na decisão unânime dos juízes (29-28, 30-27, 29-28)

Peso meio-pesado: Paul Craig derrotou Jamahal Hill por nocaute técnico a 1m59s do R1

CARD PRELIMINAR

Peso leve: Brad Riddell derrotou Drew Dober na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso meio-pesado: Eryk Anders derrotou Darren Stewart na decisão unânime dos juizes (29-27, 29-28, 29-27)

Peso mosca: Lauren Murphy derrotou Joanne Calderwood na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso pena: Movsar Evloev derrotou Hakeem Dawodu na decisão unânime dos juízes (29-27, 29-27, 29-27)

Peso galo: Pannie Kianzad derrotou Alexis Davis na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 30-27)

Peso leve: Terrance McKinney derrotou Matt Frevola por nocaute a 7seg. do R1

Peso pena:  Steven Peterson derrotou Chase Hooper na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 30-27)

Peso leve: Fares Ziam derrotou Luigi Vendramini na decisão dividida majoritária dos juízes (29-28, 28-28, 29-28)

Peso pesado: Carlos Boi derrotou Jake Collier na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Escute o Podcast SUPER LUTAS #22 com a partipação do árbitro Flávio Almendra

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments