Demian Maia faz luta morna e perde para Belal Muhammad na última luta em seu contrato com o UFC | SUPER LUTAS

Demian Maia faz luta morna e perde para Belal Muhammad na última luta em seu contrato com o UFC

Brasileiro vê palestino defender suas tentativas de queda e é derrotado na decisão unânime dos juízes

D. Maia foi derrotado por B. Muhammad no UFC 263. Foto: Reprodução/Instagram

A última luta do contrato de Demian Maia no Ultimate teve um sabor amargo. No combate contra Belal Muhammad, realizado neste sábado (12) em Glendale (EUA), pelo UFC 263, o brasileiro fez luta morna, viu o palestino resistir às tentativas de quedas e perdeu na decisão unânime dos juízes (29-28, 30-27, 29-28).

Veja Também

Aos 43 anos, Demian Maia fez a última luta de seu contrato atual no Ultimate. Agora, o veterano tem um cartel de 28 vitórias e 11 derrotas na carreira.

Belal Muhammad, de 32, atualizou seu retrospecto e conta com um cartel de 19 triunfos, três reveses e um ‘no contest’.

A LUTA

O duelo começou com ambos os lutadores medindo as distâncias para aplicarem jabs. Em seguida, Demian Maia mergulhou nas pernas de Belal, que contou com o apoio da grade para se levantar. Com o combate em pé, o palestino conectou um direto que logo foi defendido pelo brasileiro. Por sua vez, a lenda do jiu-jitsu ainda tentou outra queda, mas foi frustrado por Muhammad.

No segundo round, Belal Muhammad acertou um chute baixo, enquanto Demian Maia seguia medindo as iniciativas. Controlando as ações, o palestino acertou outras combinações no jab e direto e seguia aplicando os principais golpes do round. Na reta final do assalto, Demian tentou aplicar a queda na grade, mas seguiu na posição até o soar do gongo.

O terceiro e decisivo round novamente teve a iniciativa de queda de Demian Maia. Esperto, Belal Muhammad conseguiu desvencilhar da posição e, em pé, aplicou um direto que chegou a balançar o brasileiro. Em determinado momento, o palestino dominava as ações e acertava com facilidade o rosto do paulista que, por sua vez, não conseguia aproximar a distância na trocação. Sem sucesso, ele tentou ‘amassar’ seu adversário na grade para tentar derrubar. Porém, com pequenos saltos, Belal abriu a base e resistiu à tentativa.

RESULTADOS DO UFC 263

CARD PRINCIPAL 

Peso médio: Israel Adesanya derrotou Marvin Vettori na decisão unânime dos juízes (50-45, 50-45, 50-45) – Luta por cinturão

Peso mosca: Brandon Moreno finalizou Deiveson Figueiredo com um mata-leão a 2m26s do R3 – Luta por cinturão

Peso meio-médio: Leon Edwards derrotou Nate Diaz na decisão unânime dos juizes (49-46, 49-46, 49-46)

Peso meio-médio: Belal Muhammad derrotou Demian Maia na decisão unânime dos juízes (29-28, 30-27, 29-28)

Peso meio-pesado: Paul Craig derrotou Jamahal Hill por nocaute técnico a 1m59s do R1

CARD PRELIMINAR

Peso leve: Brad Riddell derrotou Drew Dober na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso meio-pesado: Eryk Anders derrotou Darren Stewart na decisão unânime dos juizes (29-27, 29-28, 29-27)

Peso mosca: Lauren Murphy derrotou Joanne Calderwood na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso pena: Movsar Evloev derrotou Hakeem Dawodu na decisão unânime dos juízes (29-27, 29-27, 29-27)

Peso galo: Pannie Kianzad derrotou Alexis Davis na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 30-27)

Peso leve: Terrance McKinney derrotou Matt Frevola por nocaute a 7seg. do R1

Peso pena:  Steven Peterson derrotou Chase Hooper na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 30-27)

Peso leve: Fares Ziam derrotou Luigi Vendramini na decisão dividida majoritária dos juízes (29-28, 28-28, 29-28)

Peso pesado: Carlos Boi derrotou Jake Collier na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments