De olho no UFC Las Vegas 32, Garbrandt contesta vitória de Dillashaw sobre Sandhagen | SUPER LUTAS

De olho no UFC Las Vegas 32, Garbrandt contesta vitória de Dillashaw sobre Sandhagen

Ex-campeão dos galos entende que Cory superou antigo rival, em confronto decidido na decisão dividida dos juízes

T. Dillashaw superou C. Sandhagen na luta principal do UFC Las Vegas 32. Foto: Reprodução/Instagram

De olho no UFC Las Vegas 32, que aconteceu no último sábado (24), Cody Garbrandt não concordou com a vitória de seu ex-rival, TJ Dillashaw, na luta principal. Antigo amigo e companheiro de equipe, ‘No Love’ criticou a os juízes, que, em decisão dividida, determinaram o triunfo do ex-campeão dos galos (até 61,2kg.) sobre Cory Sandhagen. A declaração foi feita em resposta a um internauta, no Twitter.

Veja Também

“Achei que Cory provocou mais danos. As quedas não fizeram nada e o controle contra as grades não foi fator decisivo. Cory pareceu menos lesionado e machucou mais. Sinto que Cory ganhou”, escreveu Garbrandt.

O pensamento de Cody foi em desencontro de dois dos três juízes laterais do confronto. Para Sal D’Amato e Junichiro Kamijo, TJ levou a melhor e faturou o triunfo.

Antigo número dois nos galos, Sandhagen venceu o confronto para um avaliadores. De acordo com a contagem de Derek Cleary, Cory triunfou contra Dillashaw.

Rival de TJ, Garbrandt não vive o melhor momento em sua carreira. Depois de ver seu antigo desafeto retornar ao MMA com vitória após cumprir dois anos de suspensão por doping, o norte-americano busca um novo desafio. Com quatro derrotas nas últimas cinco lutas, Cody propôs um confronto contra Marlon Vera.

Podcast #30: Aquecimento para o UFC 266 com duas disputas de cinturão e migué de Romero no Bellator

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments