Ciryl Gane dá show, vence Derrick Lewis por nocaute e conquista cinturão interino dos pesados no UFC 265 | SUPER LUTAS

AO VIVO

Siga o UFC Las Vegas 37 com 2 brasileiros. AO VIVO!

Ciryl Gane dá show, vence Derrick Lewis por nocaute e conquista cinturão interino dos pesados no UFC 265

Francês faz história, neste sábado, ao atropelar ‘gigante’ e se tornar o primeiro campeão francês no Ultimate

C. Gane (dir.) nocauteou D. Lewis (esq.) no UFC 265. Foto: Reprodução/Instagram

Ele é legítimo. Estrela da luta principal do UFC 265, realizado neste sábado (7), em Houston (EUA), Ciryl Gane desbancou o ‘gigante’ Derrick Lewis e conquistou o cinturão interino dos pesados (até 120,2kg.). Com show de técnica, o francês voltou a brilhar na organização e atropelou o norte-americano com um nocaute no terceiro round.

Veja Também

Considerado um grande nome para o futuro do MMA, Gane subiu ao octógono buscando o título, mas também defendendo sua invencibilidade na carreira. Com o triunfo, o atleta chegou a 10 vitórias.

Com o resultado, Ciryl conquistou o direito de desafiar o campeão linear da categoria. O atleta, agora, aguarda a data para trocar forças contra o temido Francis Ngannou.

Derrotado no fim de semana, Lewis não conseguiu encontrar o adversário no confronto. Por três assaltos, o ‘gigante’ falhou ao tentar conectar seu golpe mais forte e foi presa fácil para a técnica apurada do adversário.

Novo campeão interino, Gane fez história para seu país. O combatente se tornou o primeiro francês a conquistar o título no Ultimate.

A luta

O duelo começou com Lewis arriscando um chute alto. O ‘gigante’ se desequilibrou e acabou atingido por um gancho do francês. O norte-americano não acusou o golpe e seguia aguardando o melhor momento para atacar. Gane tentava cercar o rival próximo às grades e pontuava com chutes baixos. Enquanto Ciryl tomava as ações, Derrick engatilhava a mão direita, mas não soltava seu famoso ataque. Ciente dos perigos, Gane atuava na longa distância e desferia ataques pontuais. Lewis seguia economizando nos golpes e em desvantagem na luta em pé. Perto do minuto final, Derrick ameaçou uma sequência de direto e cruzado, mas Ciryl se mostrava atento e evasivo. Nos segundos finais, o francês atingiu Lewis com um direto, mas não havia mais tempo.

Na segunda etapa, Ciryl continuou seguindo a estratégia inicial, de lutar na longa distância. Com chutes baixos e jabs, o francês pontuava diante do oponente, que não conseguia conectar seus melhores ataques. Passados quase dois minutos, Derrick voltou a explodir para cima do oponente, mas Gane saía do raio de ação do adversário. Na metade do round, os pesados foram para o clinch, com Ciryl pressionando o rival contra as grades. O duelo se desenrolava e Lewis continuava com dificuldades para encontrar o francês no octógono. No minuto final, os atletas soltaram cruzados, mas os golpes passaram no vazio.

Tentando se recuperar do prejuízo dos assaltos iniciais, Derrick tomou iniciativa no terceiro round com um chute baixo. Gane respondeu na mesma moeda e passou a minar a base do ‘gigante’. O francês continuou agredindo a perna esquerda do norte-americano, que passou a mancar. Ciryl se aproveitava do bom momento e continuava abalando o oponente com ataques nas pernas. Percebendo a lesão no adversário, Gane partiu para cima do rival com uma sequência de socos. Lewis deu as costas e acusava os ataques. No minuto final, Lewis acusou os ataques e desabou. O francês continuou golpeando até que o árbitro interrompeu a disputa.

RESULTADOS DO UFC 265

CARD PRINCIPAL

Peso pesado: Ciryl Gane derrotou Derrick Lewis por nocaute técnico a 4m11s do R3– Luta pelo cinturão interino

Peso galo: José Aldo derrotou Pedro Munhoz  na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso meio-médio: Vicente Luque finalizou Michael Chiesa com um triângulo de mão a 3m25s do R1

Peso palha: Tecia Torres derrotou Angela Hill na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 30-27)

Peso galo: Song Yadong derrotou Casey Kenney na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 30-27)

CARD PRELIMINAR

Peso leve: Rafael Fiziev derrotou Bobby Green na decisão un6anime dos juízes (29-28, 30-27, 29-28)

Peso galo: Vince Morales derrotou Drako Rodriguez na decisõa unânime dos juízes (29-28, 30-27, 29-28)

Peso meio-pesado: Alonzo Menifield derrotou Ed Herman na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso palha: Jessica Penne finalizou Karolina Kowalkiewicz com uma chave de braço a 4m32s do R1

Peso mosca: Manel Kape derrotou Ode Osbourne por nocaute a 4m44s do R1

Peso galo: Miles Johns derrotou Anderson Berinja por nocaute a 1m16s do R3

Peso mosca: Melissa Gatto derrotou Victoria Leonardo por nocaute técnico (interrupção médica por lesão no braço) a 5m do R2

Peso galo: Johnny Munoz finalizou Jamey Simmons com um mata-leão a 2m45s do R2

 Qual o futuro de Anderson Silva e Vitor Belfort no Boxe?



Para acompanhar nossa transmissão ao vivo, clique no ‘auto faltante’ tire o ‘mudo’ do player acima

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments